Lula substitui liderança do governo na Câmara dos Deputados

Logomarca Jornal Grande Bahia.
Logomarca Jornal Grande Bahia.

O presidente Luiz Inácio Lula Silva decidiu hoje (27/01/2010) pela nomeação do atual líder do PT na Câmara dos Deputados, Cândido Vaccarezza, para ocupar, a partir da próxima semana, a liderança do governo na Casa no lugar do deputado Henrique Fontana (PT-RS).

A principal missão do novo líder, segundo o ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, será garantir a aprovação dos projetos do pré-sal. Ele informou que o presidente Lula não descarta a possibilidade de requerer a tramitação de urgência urgentíssima para que os projetos sejam aprovados ainda no primeiro semestre, na Câmara e no Senado.

A decisão de mudar a liderança foi tomada em reunião no início da tarde na Base Aérea de Brasília, da qual participaram o ministro, Vaccarezza e Fontana, momentos antes do presidente decolar para Pernambuco. Com a nomeação do novo líder, Lula libera Fontana para ser um dos principais articuladores da pré-candidatura do ministro da Justiça, Tarso Genro, ao governo do Rio Grande do Sul.

Novo líder do governo na Câmara vai se dedicar exclusivamente a trabalhos legislativos

A indicação do deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP) para a liderança do governo na Câmara é parte da estratégia do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, anunciada na reunião ministerial da semana passada, de envolvimento integral da equipe nas ações do último ano de governo Vaccarezza e os partidos aliados vão levar em conta a determinação de envolvimento integral ao definir os novos vice-líderes do governo na Casa.

Segundo o ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, o líder do governo deverá se dedicar “quase exclusivamente” aos trabalhos legislativas da Câmara. Padilha participou de reunião de Lula com deputados aliados ao governo, na Base Aérea de Brasilia, pouco antes de o presidente embarcar para Recife.

Porém, nessas conversas, nada foi definido quanto aos cargos de líder do governo no Congresso e no Senado, ocupados, respectivamente, pela senadora Ideli Salvatti (PT-SC) e pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR).

O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), ressaltou, semana passada, a importância da manutenção, pela base aliada, do ritmo de “votação acelerada” registrado em 2009 pelo Congresso Nacional. As prioridades para o fim de governo são os projetos de lei do pré-sal para os quais o presidente pode requerer a tramitação de regime de urgência para que a votação no Congresso se conclua ainda no primeiro semestre.

Padilha informou que Lula conversará com o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e com o líder do governo na Casa, Romero Jucá, para avaliar a questão. “Está na hora de votar, não podemos paralisar essas votações por causa de disputas regionais”, afirmou o ministro.

Tanto Vaccarezza quanto os demais líderes governistas terão como principal desafio harmonizar as bancadas aliadas na Câmara e no Senado, para votar o substitutivo do deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) que trata da distribuição dos royalties do petróleo. Esse tem sido o maior empecilho na votação dos demais projetos que regulamentam a exploração do óleo na camada pré-sal.

“Antes de disputar o tamanho do pirão [a parte do alimento que caberá a cada um], tem que pescar o peixe para fazer o pirão”, destacou Padilha, ao comentar a disputa travada entre os governadores de estados produtores e não produtores de petróleo sobre a partilha dosroyalties.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120656 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.