Lula é a personalidade mais confiável, segundo os brasileiros

Quatro em cada dez brasileiros (39%) consideram Lula totalmente confiável (atribuem-lhe nota dez em termos de confiabilidade).
Quatro em cada dez brasileiros (39%) consideram Lula totalmente confiável (atribuem-lhe nota dez em termos de confiabilidade).
Quatro em cada dez brasileiros (39%) consideram Lula totalmente confiável (atribuem-lhe nota dez em termos de confiabilidade).
Quatro em cada dez brasileiros (39%) consideram Lula totalmente confiável (atribuem-lhe nota dez em termos de confiabilidade).

Lula tem nota média de 7,90. O apresentador do Jornal Nacional, William Bonner, tem 7,78

Em uma escala de notas de zero a dez, em que zero significa nada confiável e 10 totalmente confiável, atribuídas a 27 personalidades nacionais, o presidente Lula aparece como a mais confiável de todas, com nota média de 7,90. É o que mostra pesquisa Datafolha realizada entre os dias 14 e 18 de dezembro de 2009 em todo território nacional, com 11.258 brasileiros de 16 anos ou mais. A margem de erro para o total da amostra é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Quatro em cada dez brasileiros (39%) consideram Lula totalmente confiável (atribuem-lhe nota dez em termos de confiabilidade). Vale notar que a soma de notas oito, nove e dez atinge 67% das opiniões em relação ao presidente, que tem 4% de nota zero (nada confiável). Conferem-lhe a nota máxima principalmente os moradores dos Estados nordestinos da Bahia (48%), de Pernambuco (62%) e do Ceará (53%), além dos mais velhos (47%), os menos escolarizados (49%) e os mais pobres (48%). Vale notar que a taxa de desconhecimento em relação ao presidente é igual a zero.

Em segundo lugar em termos de confiabilidade fica o âncora e editor-chefe do Jornal Nacional, William Bonner, com nota média de 7,78. Consideram-no totalmente confiável, com nota dez, 32% dos brasileiros, enquanto 3% dão-lhe nota zero e 5% afirmam não conhecê-lo.

Em terceiro lugar no ranking de confiabilidade criado pelo Datafolha, entre as personalidades propostas aos entrevistados, figura o Padre Marcelo Rossi, com nota média de 7,62, 38% de nota dez e 5% de nota zero. Não conhece o padre, 1%.

Com nota média de 7,60, o cantor Roberto Carlos aparece como a quarta personalidade brasileira mais confiável. Atribuem-lhe nota dez, que representa totalmente confiável, 37%, outros 5% conferem-lhe zero nesse sentido e 1% dizem não conhecer o cantor.

Ivete Sangalo, cantora baiana, figura como a quinta personalidade mais confiável: tem nota média de 7,35, sendo 30% de nota dez, 5% de zero, e é desconhecida de 2%.

O apresentador e presidente do SBT, Sílvio Santos, com nota média de 7,28, fica em sexto lugar no ranking de personalidades mais confiáveis. Atribuem nota máxima ao apresentador 31%, 5% dão-lhe nota zero. Sílvio Santos, assim como Lula, é uma das duas únicas personalidades com taxa de desconhecimento igual a zero.

Abaixo do patamar de nota média sete em confiabilidade, e em sétimo lugar entre 27 personalidades investigadas, aparece o cantor Zezé Di Camargo: nota 6,97, 26% de nota dez, 6% de nota zero e 1% de desconhecimento entre os brasileiros.

Dunga, técnico da seleção brasileira tem alcança a mesma nota média de confiabilidade de Zezé Di Camargo, 6,97, mas figura em oitavo lugar no ranking por obter 18% de nota dez, oito pontos percentuais a menos que o cantor sertanejo. Outros 4% atribuem-lhe nota zero, mesma parcela dos que dizem não conhecê-lo.

A nona posição do ranking é do cantor, compositor e escritor Chico Buarque de Holanda. Em uma escala de zero a dez em termos de confiabilidade, Chico atinge 6,72, além de 18% de nota dez, ficando 5% de nota zero. Afirmam não conhecer o cantor, 9% dos brasileiros.

A décima personalidade mais confiável também é um cantor, Caetano Veloso, com nota média de 6,60. Assim como em relação a Chico Buarque, 18% consideram Caetano totalmente confiável, ante 6% que o acham nada confiável (nota zero), além de 4% que não o conhecem.

Questionados pelo Datafolha, 21% dos brasileiros atribuem nota dez ao apresentador da Record Gugu Liberato, que obtém nota média de 6,59 e fica em décimo lugar entre as personalidades mais confiáveis. Outros 6% dão-lhe nota zero e 1% demonstra desconhecê-lo.

Já José Luis Datena, apresentador da Rede Bandeirantes, fica com a décima segunda colocação, com nota média 6,41 em termos de confiabilidade, 16% de nota dez (totalmente confiável), 6% de nota zero (nada confiável), e 8% de desconhecimento entre os brasileiros.

Ronaldo Fenômeno figura em décimo terceiro lugar. A média do jogador é de 6,30. Para 21% ele é uma personalidade totalmente confiável, contra 9% que o consideram nada confiável e dão-lhe nota zero. Apenas 2% afirmam não conhecê-lo.

O governador de São Paulo, José Serra, tem nota média de 6,23, e fica na décima quarta posição, com 14% de nota dez, 8% de nota zero e 2% de taxa de desconhecimento.

A apresentadora do SBT Hebe Camargo, que obtém 6,22 é a décima quinta personalidade mais confiável, entre 27 investigadas. Consideram-na totalmente confiável, com nota dez, 18%; outros 8%, por outro lado, atribuem-lhe zero e sua taxa de desconhecimento também é de 2%.

Outro apresentador, Fausto Silva, da Rede Globo, ocupa a décima sexta colocação, com 6,14 de nota média, 14% de dez, 8% de zero, além de 1% que admite não conhecê-lo.

O escritor Paulo Coelho é o décimo sétimo colocado, com nota média de 6,03; 11% acham-no totalmente confiável, conferindo-lhe nota dez, mas vale notar que 7% dão-lhe nota zero. O escritor é desconhecido por 24%, segunda maior taxa de desconhecimento entre as personalidades investigadas.

Com notas entre 5,0 e 6,0 em termos de confiabilidade, figuram cinco personalidades, que ocupam do décimo oitavo ao vigésimo segundo lugar no ranking. Xuxa, em décimo oitavo e com nota média 5,59 (16% de nota dez, 13% de zero e 1% de desconhecimento); Aécio Neves, governador de Minas Gerais, em décimo nono, com 5,45 (8% de nota dez, 8% de zero e 12% que não o conhecem); em vigésimo lugar o deputado federal Ciro Gomes, do PSB, com 5,41 (7% de nota máxima, 9% da mínima e 5% de desconhecimento entre os brasileiros); a ministra da Casa Civil Dilma Rousseff, do PT, como vigésima primeira personalidade mais confiável, com 5,40, 9% de nota dez, 11% de nota zero, além de 10% de não conhecimento pela população, e em vigésimo segundo lugar, a ex-ministra do meio-ambiente Marina Silva, do PV, que consegue 5,15 de nota média, 4% de nota dez, 8% de nota zero e 29% de desconhecimento, a taxa mais alta entre as 27 personalidades investigadas.

Entre as cinco personalidades menos confiáveis na opinião dos brasileiros, entre os nomes estimulados pelo Datafolha, figuram um religioso e quatro ex-presidentes.

São elas, em ordem decrescente: o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em vigésimo terceiro lugar com nota média de 4,80; Itamar Franco, com 4,71; na antepenúltima posição do ranking (vigésimo quinto), José Sarney, com 3,95 de nota média; o bispo Edir Macedo, com 3,80 (vigésima sexta, ou penúltima personalidade mais confiável) e, em último lugar, como vigésima sétima personalidade mais confiável e nota 2,98, o ex-presidente Fernando Collor.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114872 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.