Fundo de Cultura apoia digitalização de edições do século 20 do jornal A Tarde

Logomarca Jornal Grande Bahia.
Logomarca Jornal Grande Bahia.

Edições do Jornal A Tarde, com publicação desde 1912, poderão ser consultadas na Biblioteca Pública dos Barris e no Arquivo Público da Bahia, em Salvador, facilitando o acesso a documentos do século 20 e proporcionando o resgate da história da Bahia. O projeto História da Bahia – Da memória impressa ao conteúdo digital teve apoio financeiro do Fundo de Cultura do Estado da Bahia, por meio da Secretaria de Cultura do Estado.

O lançamento oficial do projeto será nesta quinta-feira (28/01/2010), às 19h, na Biblioteca dos Barris, em Salvador, com a disponibilização dos exemplares do período de 1912 a 1955. O projeto, que foi aprovado na lei Rouanet e conta com o apoio do Fundo de Cultura do Governo do Estado da Bahia, teve como proponente a empresa de tecnologia social Humanidades Editora e Projetos.

Será digitalizado o acervo de edições microfilmadas do jornal A Tarde, fundado em 1912. O projeto amplia as fontes de pesquisa da população, ao permitir a consulta a exemplares de quase um século com eficientes mecanismos de busca, além de contribuir para o resgate da memória social e cultural da Bahia.

A parceria entre o Grupo A Tarde e a Fundação Pedro Calmon, unidade da Secretaria de Cultura do Estado, viabilizou a iniciativa, que tem o patrocínio das empresas Monsanto, Odebrecht, Coelba e Bahiagás.

Digitalização

O processo de digitalização e indexação dos exemplares teve início em abril de 2009, pela M. I. Montreal Informática. O segundo módulo, de 1956 a 1999, será disponibilizado a partir do segundo semestre de 2010. “Essa é uma realização de cunho social, que tem como objetivo resgatar parte importante da história da Bahia e preservar a memória institucional do jornal A Tarde, um dos mais antigos do país”, afirma o coordenador-geral do projeto, Maurício Villela. “Com isso, vamos preservar o conteúdo completo do jornal e fomentar a leitura”, completa o coordenador editorial do projeto, Walten Garrido.

As pesquisas poderão ser realizadas nas estações de consulta, chamadas Ilhas do Conhecimento, situadas na Biblioteca Pública dos Barris e no Arquivo Público da Bahia. As Ilhas estão equipadas com dois computadores e uma impressora. As consultas poderão ser feitas por data, nomes ou palavras-chave, graças ao recurso da ferramenta Optical Character Recognition (OCR), que ressalta o termo procurado na página do jornal.

A novidade promete ampliar as fontes de pesquisa e contribuir significativamente para os trabalhos de estudantes, professores, historiadores e pesquisadores do Brasil e do mundo, que visitam esses espaços públicos em busca de informações sobre a história da Bahia e da imprensa local.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115109 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.