Divulgados resultados de editais para Artes Visuais

Logomarca Jornal Grande Bahia.
Logomarca Jornal Grande Bahia.

A Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), unidade da Secretaria de Cultura da Bahia (SECULT), anuncia os resultados de dois editais da área de Artes Visuais, Matilde Matos, de Apoio à Curadoria e Montagem de Exposições, e Fotografia Baiana, de Apoio à Publicação de Ensaios Fotográficos. Veja a lista completa de ganhadores no site da Funceb, www.funceb.ba.gov.br.

Ambos editais tiveram inscrições realizadas no período de 24 de agosto a 8 de outubro de 2009. O Matilde Matos contou com 40 projetos inscritos, selecionando oito, um de curadoria e sete de montagem de exposição. Já o edital inédito Fotografia Baiana somou 16 inscritos e escolheu três projetos. O apoio financeiro é de R$ 330 mil e de R$ 180 mil, respectivamente, mediante recursos provenientes do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).

Nos últimos três anos, a FUNCEB realizou, na área das Artes Visuais, ações de fomento, pesquisa e difusão, tendo investido na criação de espaços expositivos na capital e no interior e incluído vertentes como curadoria e design. Ampliou-se também, de modo significativo, o número de exposições, cessões de pauta e recursos financeiros disponibilizados, por meio dos editais.

Segundo a diretora Geral da FUNCEB, Gisele Nussbaumer, além de tornar público o trabalho de artistas, contribuindo para a aparição de novos talentos e impulsionando carreiras, os editais movimentam a classe, os produtores e a própria sociedade.

Gisele diz que este processo atua na profissionalização da arte e faz com que novas demandas sejam geradas, forma-se público e cria-se um espaço de valorização e interesse, fortalecendo o sistema artístico. “Com isso, podemos ver resultados efetivos na atitude dos baianos perante a produção cultural do Estado”.

Edital Matilde Matos bate recorde de recursos aplicados

Nesta perspectiva, a estreia do Edital Fotografia Baiana se une aos resultados do Edital Matilde Matos, que chega à sua terceira edição com recorde de recursos, ainda mais do que foi oferecido na soma das duas primeiras edições. Em 2007 e 2008, premiou 15 artistas nas categorias de Apoio a Montagem de Exposições e Apoio a Curadoria com um total de R$ 310 mil.

“Os editais possibilitam uma nova época em que a criação e apreciação das artes expandirão, com ênfase no mérito do trabalho e na promessa de colocar vozes previamente marginalizadas em pleno foco”, acredita o coordenador do curso de fotografia da Associação Educativo-Cultural Tarcília Evangelista de Andrade (AEC-TEA), Charles Exdell. A associação foi a vencedora do Edital Fotografia Baiana com o projeto Capim Grosso, a ser realizado na cidade baiana de mesmo nome.

Para o diretor de Artes Visuais da FUNCEB, Dilson Midlej, toda a sociedade lucra com as parcerias entre os agentes e a SECULT chama atenção também para a multiplicidade de estilos e propostas artísticas contempladas. A diversidade dos projetos selecionados contempla desde o Ocupação Gráfica, de Pedro Fernandes Marighella, a importantes artistas residentes e atuantes no interior do estado, como é o caso do escultor Nen, de Valença, com o Relíquias do Terceiro Extrato.

Destaca-se, ainda, a homenagem aos 30 anos de atuação do artista e fotógrafo Jamison Pedra, por meio da publicação Tributo ao Cotidiano, proposta por Ana Luisa Dias Lauria.

Resultados práticos – Os artistas contemplados irão expor seus trabalhos em espaços culturais da capital e do interior do estado, assim como fez Ieda Oliveira, premiada em 2009 com a exposição Vendo a Venda, que ficou no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM) entre setembro e outubro do ano passado, contabilizando público de seis mil pessoas.

O destaque do interior, com recorde de visitações, foi a exposição Eu Também Sou da Chapada, de Rui Rezende, em cinco cidades da Chapada Diamantina, onde recebeu 10.433 visitantes no período de 23 de maio a 29 de agosto de 2009.

Atualmente, a exposição multimídia Intervenção Doméstica, de Mônica Simões, também beneficiada, está em cartaz em Salvador, no casarão no bairro de Nazaré, onde mora e onde viveu seu avô, o pintor Presciliano Silva, homenageado por ela. A partir de 27 de fevereiro, será realizada, em Vitória da Conquista, a mostra Múltipla Cidade, de Rogéria Maciel, com trabalhos em performance, vídeo e instalação em cinco pontos de ônibus da cidade.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112802 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]