Bahia registra recorde no índice de vacinação contra a febre aftosa

Campanha de vacinação contra a febre aftosa.
Campanha de vacinação contra a febre aftosa.
Campanha de vacinação contra a febre aftosa.
Campanha de vacinação contra a febre aftosa.

A agropecuária baiana começa o ano registrando um número recorde (97,04%) do rebanho imunizado contra a febre aftosa, em todo o estado, na segunda etapa da campanha de vacinação dos animais em 2009. O resultado inédito, divulgado nesta segunda-feira (18/01/2010) pela Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (SEAGRI), é o melhor desde 2000, quando foi criada a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB).

Isso reflete, de acordo com a Adab, o esforço em conjunto entre criadores, associações, sindicatos, Governo do Estado e Ministério da Agricultura pela adesão ao Programa Nacional Contra a Febre Aftosa, além dos procedimentos de declaração da vacinação em todo o território baiano, cujo rebanho está estimado em cerca de 10,28 milhões de cabeças.

Para o secretário da Agricultura, Roberto Muniz, este é um excelente patamar, resultado do empenho da iniciativa pública e privada em prol do setor. “A Bahia entende as atividades de defesa agropecuária como suporte e passaporte para o sucesso da agropecuária do estado. Daí a importância do trabalho conjunto com o Ministério da Agricultura, que permitiu um direcionamento seguro para as ações de defesa sanitária”, disse.

O destaque desta segunda etapa da campanha contra a febre aftosa vai para a Coordenadoria Regional de Paulo Afonso, com 99,3% dos animais imunizados. As coordenadorias de Itaberaba, Miguel Calmon, Irecê, Itabuna e Juazeiro alcançaram índices vacinais acima de 98%. Nas regionais da Adab de Barreiras, Feira de Santana e Santa Maria da Vitória, os índices foram superiores a 97%. Já em Vitória da Conquista, Teixeira de Freitas, Ribeira do Pombal, Jequié, Itapetinga e Guanambi, mais de 96% dos bovinos e bubalinos foram vacinados.

Segundo o diretor-geral da Adab, Cássio Peixoto, os criadores de todo o estado, principalmente os que ficam na Zona-Tampão, atenderam ao slogan da campanha (Quem Tem Cabeça, Vacina. Quem Tem Consciência, Declara); também por esta razão os resultados foram positivos.

“Os intensos trabalhos na Zona-Tampão promoveram ações de conscientização dos produtores, educação sanitária e fiscalização efetiva do trânsito de animais”, destacou Peixoto, lembrando que as auditorias realizadas pelo Ministério da Agricultura incentivaram o aprimoramento das ações de defesa para o alcance dos índices expressivos na Zona-Tampão, composta por oito municípios.

Em 2007, o índice de vacinação alcançou 94%. No ano seguinte, caiu para 93%, mas voltou a evoluir na primeira etapa de 2009, atingindo patamares acima de 94%. Agora, nesta segunda etapa da campanha, a Zona-Tampão obteve 97,04% do rebanho de bovinos e bubalinos.

Redução dos limites da Zona-Tampão

O diretor de Defesa Animal da Adab, Rui Leal, explicou que outro grande mérito baiano para o sucesso desta etapa da campanha foi a redução dos limites da Zona-Tampão. “Os produtores da região perceberam que o trabalho realizado durante anos tem retorno positivo e responderam ao chamamento da Adab, fazendo parte deste processo de transformação de um agronegócio mais igualitário em todo o estado”, ressaltou.

Ele explicou que o comprometimento da classe produtiva e as inúmeras auditorias do Ministério da Agricultura também contribuíram para o alcance das metas da Adab nesta etapa da campanha.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114904 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.