Ambição de violonista brasileiro é dividir a música com o público

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.
Jornal Grande Bahia, informação com opinião e em defesa da Ecologia Integral.

A fama não está nos planos de Daniel Duarte.

Música para o público. Com esta simplicidade, o brasileiro Daniel Duarte quer continuar a tocar seu inseparável violão. Sem ambicionar a fama, o violonista tem o simples desejo de viver acompanhado dos acordes.

Oriundo de uma família de músicos de Piracicaba (SP), Daniel treinou o ouvido desde cedo. O pai tocava violão, porém não profissionalmente, mas serviu de exemplo para que o filho entoasse as primeiras notas. O aperfeiçoamento foi realizado no Conservatório de Música de Piracicaba. Depois disso, foram 5 anos na capital paulistana, até que a música trouxe Daniel aos Estados Unidos, onde mora há 2 anos.

Residente em Boston, Massachusetts, o músico veio para fazer o mestrado no The Boston Conservatory. Os estudos terminam em maio próximo, mas o violonista ainda não tem certeza se volta para o Brasil. Artista privilegiado, consegue sobreviver somente da música nos EUA, onde faz concertos e dá aulas numa escola particular.

Um dos trabalhos mais prazerosos de Daniel é o MGH Guitar, programa do Massachusetts General Hospital que emprega a música tocada em violão como forma de acelerar a cura de muitos pacientes. Segundo Daniel, os médicos comentam que a terapia musical é uma forma de alívio para os doentes, que conseguem esquecer por alguns instantes a condição em que se encontram. “É um trabalho bem gratificante”, disse o músico.

Grandes nomes para simples notas
Os americanos compõem grande parte do público apreciador da música do brasileiro, que se inspira em grandes nomes para realizar o trabalho. Villa-Lobos não poderia ficar de fora da lista, a qual conta ainda com o argentino Astor Piazzolla, o espanhol Joaquín Rodrigo e o cubano Leo Brouwer.

No Brasil, Daniel gravou o CD “Duo Rodrigo Almeida e Daniel Duarte”. Com o parceiro, o violonista faz um trabalho de música de câmara. O segundo CD foi gravado no ano passado nos EUA. O álbum, ainda sem nome, não tem uma data marcada para lançamento.

Talentoso porém modesto, Daniel não carrega a ambição de ser famoso. “O que gosto de fazer é tocar, dividir a música com as pessoas”. Daniel quer só tocar o violão. “Desde que eu consiga viver disso, é o suficiente”. Através do instrumento, o brasileiro busca se promover menos e divulgar mais a música. “Tenho um projeto mais musical do que pessoal”.

Os interessados em contratar Daniel Duarte para shows devem ligar para (857) 284-2420 ou enviar um e-mail para dcrduarte@gmail.com.

*Com informações da Comunidade News

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116841 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.