Viaje sem dor de cabeça; Ministério do Turismo oferece dicas para o planejamento de viagens

Vista do Rio Imbassay, na Linha Verde da Bahia.
Vista do Rio Imbassay, na Linha Verde da Bahia.

Fim de ano, hora de viajar. Nesse período, muitos brasileiros já estão fechando as malas, comprando pacotes de viagem ou planejando o descanso sonhado. Se você é uma dessas pessoas que pretende viajar nas férias, fique atento às dicas do Ministério do Turismo (MTur) para se prevenir e evitar surpresas desagradáveis em seu passeio. Os turistas são consumidores e devem estar atentos ao comprar um pacote, passagem ou diária.

A coordenadora geral de Serviços Turísticos do MTur, Rosiane Rockenbach, orienta aos turistas que peçam sempre o contrato de prestação de serviços e o leiam atentamente. “Uma atividade turística é uma prestação de serviço gerida pelas leis de defesa do consumidor. Então, o turista tem que ter muita atenção ao contrato, ver se as cláusulas estão claras, quais serviços estão previstos, observar as regras para cancelamentos e suas penalidades para não ter surpresas desagradáveis mais tarde”, informa.

Outra dica é exigir sempre as confirmações de reserva, passagem e demais serviços por escrito, conferindo informações de chek-in, chek-out e taxas antes da viagem. “Isso tudo tem que estar documentado, pois, no caso de não cumprimento das atividades, o consumidor pode procurar o Procon e reclamar os seus direitos”. A coordenadora também aconselha os viajantes a guardarem materiais promocionais, como anúncios e recortes de jornal, porque eles podem ser considerados como documento contratual no caso de uma propaganda enganosa.

CADASTUR

No site do MTur (www.turismo.gov.br) o turista pode checar se o prestador turístico escolhido possui cadastro no Ministério do Turismo. Rosiane Rockenbach explica a importância dessa consulta: “antes que uma determinada empresa efetue o seu registro, o Ministério faz uma avaliação da empresa, verificando sua documentação, checando se ela está cumprindo todos os requisitos legais. Então, é uma garantia para o consumidor saber que esse prestador de serviços está legalmente hábil para atuar no segmento turístico. E isso minimiza os riscos de contratar um serviço amador, um pirata do turismo”.

O Cadastur é o Sistema de Cadastro dos Empreendimentos, Equipamentos e Profissionais da Área de Turismo. De acordo com o art. 22 da Lei 11.771, de 17 de setembro de 2008, o cadastro é obrigatório para as agências de turismo, meios de hospedagem, transportadoras turísticas, organizadoras de eventos, parques temáticos, acampamentos turísticos e guias de turismo. Atualmente, o Cadastur conta com cerca de 40 mil registros. Desse total, 11.691 são agências de turismo e 6.009 meios de hospedagem.

Clique aqui para acessar o sistema e consultar se o seu prestador está registrado.

BRASILEIROS VIAJANDO

De acordo com a pesquisa ‘Hábitos de Consumo do Turismo Brasileiro’, do Ministério do Turismo, divulgada no início deste mês, o número de brasileiros que viajaram nos últimos dois anos cresceu mais de 80% em relação aos dados de 2007. Além disso, 33,5% dos entrevistados disseram que pretendem viajar nos próximos dois anos.

Em muitos casos, o dinheiro das férias e/ou do 13º salário serão utilizados para custear as viagens. No estado de São Paulo, por exemplo, o item viagem ocupou o quarto lugar entre as intenções de utilização do 13º salário, segundo pesquisa feita em outubro deste ano pela Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp). Atualmente, o estado é o maior emissor de turistas do Brasil.

PARA ONDE EU VOU?

Se você ainda não escolheu o destino da sua próxima viagem, acesse o novo link de destinos do Ministério do Turismo ). A ferramenta foi remodelada e disponibiliza novos recursos para os internautas, como vídeos, fotos e mapas.

Com o canal Destinos, é possível viajar em um mapa interativo do Brasil, em que o usuário tem acesso aos destinos e roteiros apoiados pelo Ministério do Turismo (MTur) em cada estado do País. Se o visitante escolher, por exemplo, a Bahia e clicar no destino Maraú terá acesso às fotos da região incluídas no banco de imagens do MTur, os segmentos turísticos desenvolvidos no município e atrações turísticas imperdíveis.

Além disso, há informações importantes para qualquer viagem, como clima, mapas, acessos rodoviários, distâncias e telefones úteis. Ainda tomando Maraú como exemplo, o turista que visitar – ou que já conheça o município – pode inserir comentários, fotos e até um vídeo que mostre sua passagem no local.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116767 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.