Prefeitura de Lauro de Freitas desmente em nota o PMDB e o ministro Geddel. Declara que as obras inauguradas são do PAC

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

Nota do Ministro Gedel está equivocada. Obras que governador inaugura domingo têm recursos do PAC. É um grande equívoco, a nota distribuída pela assessoria do ministro Gedel Vieira Lima, com anúncio de que ele vai vitoriar, neste sábado, obras que estariam sendo realizadas em Lauro de Freitas com recursos do Ministério da Integração Nacional e seriam inauguradas pelo governador Jaques Wagner no domingo, sem convidar o ministro.

Não se trata das mesmas obras. O governador Jaques Wagner vai inaugurar a primeira das cinco etapas do PAC Lagoa da Base, obra executada pela Conder, portanto governo do Estado, com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal, da ordem de R$ 21.181.270,43. O projeto inclui, além da drenagem e pavimentação asfáltica de 25 ruas e pavimentação em cimento de 20 caminhos desta primeira etapa, a construção de três conjuntos habitacionais com 296 moradias, 198 unidades sanitárias e melhorias em outras 585 moradias, creche e escola de primeiro grau, ampliação das redes de água e esgoto, drenagem e urbanização de duas lagoas, com implantação de pista de Cooper, parque infantil e área para ginástica.

A Prefeitura de Lauro de Freitas não foi informada da vistoria, tomou conhecimento através da imprensa, mas supõe que as obras que o ministro Gedel Vieira Lima visita amanhã (sábado) devem ser as do Programa Respostas aos Desastres, este, sim, do governo federal através do Ministério da Integração Nacional, no valor de R$7 milhões, executadas pela Prefeitura. Estas obras foram vitoriadas recentemente por técnicos deste ministério, que aprovaram sua execução e cronograma, e incluem apenas construção de encostas, microdrenagem e recuperação de vias e prédios públicos.

Por fim, Prefeitura de Lauro de Freitas considera ambas as obras importantes para todos os moradores do município, que hoje conta com 156 mil habitantes, segundo o IBGE, e não os 70 mil informados erroneamente na nota distribuída pela assessoria do ministro.

Leitor comenta de forma indignada:

Carlos Augusto,

Há muito não via uma “barrigada” tão escandalosa como essa nota do ministro Geddel. A obra que Wagner vai inaugurar no domingo é uma. A obra executada com recursos do Ministério da Integração é outra bem diferente. Uma passa de 20 milhões e vai transformar completamente a área da Lagoa da Base, localidade encravado entre Ipitanga, Vilas e Centro antigo que apresentava os piores índices de saneamento e representava um grande sofrimento para esse povo a cada chuva.

A outra é recurso para encostas e áreas atingidas pelas chuvas, dentro de um programa chamado Resposta aos Desastres. Ambas importantes para o município. Mais estranho que essa nota só o fato do ministro ir vistoriar obras (que foram vistoriadas recentemente pelos técnicos dele) sem sequer informar sua ida à prefeita.

Abraços.

Leia +

Ministro Geddel vistoria obras, que serão inauguradas pelo governador Jaques Wagner e a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho

Sobre Carlos Augusto 9459 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).