Empreendimentos solidários ganham mais apoio e crédito do Estado

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

A partir desta segunda-feira (07/12/2009), os empreendimentos de economia solidária na Bahia passam a contar com mais um apoio do Governo do Estado. Trata-se do CrediSolidário, como está sendo chamado o programa destinado para empreendimentos existentes há mais de três anos e que estejam completamente legalizados.

Os interessados em obter essa linha de crédito devem procurar os postos de atendimento do CrediBahia ou os Centros Públicos de Economia Solidária. Inicialmente o governo está disponibilizando R$ 1 milhão para essa ação.

Com taxas de juros de 5% para a região do semi-árido e 6% para as demais regiões, os financiamentos, por projeto, têm limite máximo de R$ 50 mil que podem ser utilizados como investimento fixo, para a compra de equipamentos e instalações, e também como capital de giro para as despesas correntes.
O anúncio do CrediSolidario foi feito na noite desta quinta-feira (3), durante o VI Encontro de Agentes de Crédito do CrediBahia, quando foi assinado o termo de cooperação técnica entre a Secretaria Estadual de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e a Agência de Fomento da Bahia (Desenbahia) para liberar crédito para cooperativas e associações, que atuam no setor de economia solidária.

Logo após a assinatura, o secretário Nilton Vasconcelos fez questão de destacar as diversas ações que o Governo do Estado vem desenvolvendo ao logo dos últimos três anos para fortalecer o segmento de economia solidária, como a criação da Superintendência de Economia Solidária, a entrega de maquinários para associações e cooperativas e o edital de R$ 3,4 milhões para as incubadoras.

Segundo Vasconcelos, a economia solidária é uma das prioridades do Governo do Estado, justamente pelo seu papel fundamental na geração de trabalho e renda, configurando-se cada vez mais como uma alternativa viável para a falta do emprego formal. “As grandes multinacionais nos solicitam apoio, então, nada mais natural que esses empreendimentos também nos solicitem”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111097 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]