Consórcio formado por duas importantes construtoras, Odebrecht/OAS, foi autorizado a construir e operar o novo estádio da Fonte Nova

Nilton Vasconcelos: O consórcio Odebrecht/OAS é contratado pelo Governo da Bahia, em regime de Parceria Público Privada (PPP), para demolição, reconstrução e gestão da operação e manutenção do estádio da Fonte Nova.
Nilton Vasconcelos: O consórcio Odebrecht/OAS é contratado pelo Governo da Bahia, em regime de Parceria Público Privada (PPP), para demolição, reconstrução e gestão da operação e manutenção do estádio da Fonte Nova.
Nilton Vasconcelos: O consórcio Odebrecht/OAS é contratado pelo Governo da Bahia, em regime de Parceria Público Privada (PPP), para demolição, reconstrução e gestão da operação e manutenção do estádio da Fonte Nova.
Nilton Vasconcelos: O consórcio Odebrecht/OAS é contratado pelo Governo da Bahia, em regime de Parceria Público Privada (PPP), para demolição, reconstrução e gestão da operação e manutenção do estádio da Fonte Nova.

O consórcio formado pelas construtoras Odebrecht e OAS será contratado pelo Governo da Bahia, em regime de Parceria Público Privada (PPP), para o projeto de demolição, reconstrução e gestão da operação e manutenção do estádio da Fonte Nova. A aprovação da parceria foi anunciada nesta terça-feira, dia 22, em aviso publicado no Diário Oficial pela Comissão de Licitação e no site http://www.setre.ba.gov.br, assinado pela presidente Rosany Mendes. O anúncio do vencedor, previsto para acontecer até 30 de dezembro, pode ser antecipado com a conclusão dos trabalhos pela Comissão de Licitação

 “A participação de apenas um concorrente agilizou os trabalhos, pois, além da análise de um volume menor de documentação, os prazos recursais puderam ser eliminados, já que não havia concorrentes”, explicou a presidente da Comissão de Licitação, cujo terceiro e último envelope analisado foi o que continha toda a documentação de habilitação.

Na semana passada, o Governo já havia publicado a análise dos documentos apresentados pelo consórcio nos envelopes com as propostas técnica e de preço, pontuados, respectivamente, com 81,66 e 100 pontos.

 “A partir de agora, daremos início ao processo de contratação, que está previsto para ser assinado em meados de janeiro”, informa o secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Nilton Vasconcelos. Satisfeito com a agilidade na condução de todo o processo, o secretário acredita que ao cumprir mais essa etapa a Bahia se credencia fortemente para também abrigar jogos da Copa das Confederações, em 2013, pois é um dos estados mais adiantados no processo de definição da arena e que tem atendido rigorosamente o cronograma da FIFA.

Edital de licitação – Lançada em 15 de outubro último, a licitação de concorrência internacional teve os envelopes entregues em sessão pública realizada no dia 4 de dezembro, quando o consórcio Odebrecht/OAS habilitou-se para o projeto da nova Fonte Nova.

De acordo com o cronograma publicado anexo ao edital, as próximas etapas e prazos são os seguintes: até 28 de fevereiro, início dos investimentos, inclusive demolição; início de junho, começo da obra de reconstrução da arena; conclusão da obra, até 31 de dezembro; e início da operação do novo equipamento, em janeiro de 2013.

A nova Fonte Nova terá capacidade para 50 mil espectadores, 50 camarotes, ampla área para a imprensa, com capacidade para 2.440 assentos, museu do futebol, estacionamento interno para cerca de duas mil vagas e moderna cobertura em estrutura metálica leve, feita com membrana para não prejudicar a visão da área externa do estádio. Todo o equipamento estará construído em dez níveis, não perdendo uma das características originais do estádio, que é a presença de uma fenda, em formato de ferradura, aberta para o lado do Dique do Tororó.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108701 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]