Começa sessão de encerramento da Cúpula Ibero-americana

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.
Jornal Grande Bahia, informação com opinião e em defesa da Ecologia Integral.

Estoril (Portugal), 1º dezembro de 2009 (EFE).- Os chefes de Estado e de Governo da América Latina, Espanha e Portugal deram início à sessão de encerramento da 19ª Cúpula Ibero-Americana, na qual aprovarão uma declaração sobre a Inovação tecnológica e definirão uma posição conjunta sobre a crise em Honduras.

A reunião final foi aberta pelo presidente de Portugal e anfitrião do encontro, Aníbal Cavaco Silva. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que hoje viaja para a Ucrânia, não compareceu à sessão, assim como seu colega do Equador, Rafael Correa, que deixou Portugal horas antes.
A ausência dos dois chefes de Estado se somou às de oito líderes que, por diferentes motivos, não foram à cúpula, como foi o caso dos presidentes de Venezuela, Hugo Chávez; Bolívia, Evo Morales; Paraguai, Fernando Lugo; Uruguai, Tabaré Vázquez; Cuba, Raúl Castro; Guatemala, Álvaro Colom, e Nicarágua, Daniel Ortega.

Honduras, devido à crise interna que vive atualmente, está sendo representado por Patricia Rodas, a chanceler do Governo derrubado por um golpe de Estado do fim de junho.
Assim como ontem, nesta terça não será possível acompanhar os discursos dos participantes da cúpula ao vivo, já que a transmissão do circuito interno de TV foi interrompida depois da intervenção de Cavaco Silva, que se limitou a ler o programa da sessão.

A expectativa é que a cúpula termine com algum tipo de declaração sobre a situação em Honduras, em cuja minuta, apresentada por Portugal, trabalham os assessores técnicos dos países ibero-americanos.

No entanto, as eleições hondurenhas do último domingo dividiram os países ibero-americanos entre aqueles que reconhecem o processo e os resultados, caso de Colômbia, Panamá e Costa Rica, e os que anunciaram que não o farão ou que aguardarão a evolução da situação após a vitória de Porfirio Lobo.

Embora Colômbia e Panamá já tenham reconhecido as eleições, países como Brasil, Argentina, Bolívia, Cuba, Equador, Nicarágua, Uruguai e Venezuela preferiram não legitimar o pleito imediatamente.

Já a Espanha, que condenou o golpe e exigiu a restituição de Manuel Zelaya à Presidência de Honduras, defende um “grande acordo nacional” como único caminho para uma “paz democrática” no país, disse o chefe do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero. EFE

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123117 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.