Certificado de Cadastro de Imóvel Rural já pode ser emitido pela internet

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

Os empréstimos, negócios e transferências ligados a imóveis rurais poderão ser feitos com maior agilidade a partir de hoje (14/12/2009), com a emissão pela internet do Certificado de Cadastro de Imóvel Rural (CCIR). O documento é exigido pela área de crédito dos bancos ou pelos serviços cartoriais que precisam da comprovação de dados do Sistema Nacional de Cadastro Rural.

Até então, o certificado valia por três anos, mas será agora emitido anualmente, mediante o pagamento de taxa cadastral de R$ 1,40 para imóveis com área de até 20 hectares ou de R$ 30 para aqueles de 20 a 1000 hectares. Constam do sistema 6 milhões de imóveis rurais, a maioria situada no Sudeste e no Sul do país.

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) gastava cerca de R$ 5 milhões, em despesas com os Correios, para enviar o documento aos proprietários de imóveis rurais, cujos endereços nem sempre estavam atualizados. Segundo a coordenadora-geral de Cadastro Rural do Incra, Lucimeri Selivon, a taxa que será cobrada se refere à manutenção do registro e o valor será recolhido à Conta Única da União.

A regularidade do cadastro rural atesta a natureza da exploração econômica da área e facilita a localização de seus representantes.

Até o final de dezembro, o CCIR fornecido pela internet vai atestar a situação cadastral dos imóveis a partir de 2006, uma vez que os últimos documentos que vinham sendo expedidos correspondiam ao ano de 2005. Por isso, neste mês, a emissão do documento vai gerar o recolhimento equivalente ao dos quatro últimos anos. Segundo a diretora de Ordenamento Fundiário do Incra, Erica Galvani, a partir de janeiro de 2010, no entanto, serão cobrados apenas os valores do exercício em questão.

A emissão será feita com certificação digital. Quem não tiver acesso à internet poderá procurar uma das 3 mil unidades municipais de cadastramento do Incra, uma das 40 unidades avançadas ou ainda uma das 30 sedes regionais.

Os interessados em obter o CCIR podem acessar o link disponível no canto superior direito do site do Incra. O certificado será emitido com número para comprovação de autenticidade, que poderá ser checada no site pelos bancos ou cartórios.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115058 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.