Prefeitura adota ações contra efeitos da estiagem em Feira de Santana

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

A Secretaria Municipal de Agricultura e Recursos Hídricos tem feito a manutenção dos poços artesianos em 12 comunidades de Feira de Santana e disponibilizado quatro carros pipas para os locais que não dispõem do Sistema Integrado com Poços Artesianos.

As ações têm sido desenvolvidas no intuito de reduzir o impacto da estiagem na zona rural. Segundo o secretário de Agricultura e Recursos Hídricos, Ozeny Moraes, boa parte das comunidades nos distritos de Governador João Durval Carneiro, Bonfim de Feira e Jaguara ainda não tem água tratada.

Onde há o Sistema Integrado com Poços Artesianos, a Secretaria tem feito a manutenção dos poços, sem deixar que falte água. “Em nossa agenda temos quatro carros pipas atendendo os poços ou cisternas comunitárias. São 16 viagens ao dia, 96 por semana e cerca de 390 abastecimentos por mês”, informa o secretário.

A maioria dos reservatórios, como diz ele, atende em torno de cinco famílias com até mais de 10 pessoas. “Por isso nossos veículos estão abastecendo diariamente, de domingo a domingo, sempre que somos solicitados”, afirma.

Definidos pontos de mototaxistas

A distribuição dos 70 pontos de mototáxi em Feira de Santana já foi determinada. Das 500 vagas, 450 foram disponibilizadas para a sede e 50 aos distritos. Segundo o diretor do Departamento de Licitações e Contratos, Rafael Pinto, os pontos entre os números 1 e 61 são instalados no município, e de 62 a 70 na zona rural.

A decisão está prevista desde que foi publicado o edital de convocação da licitação, no qual determinou o critério da escolha dos pontos de parada. “O licitante que ofereceu o maior valor tem direito precedente aos demais na escolha dos pontos de parada porque o investimento foi maior. Portanto, terá um ponto de parada que dará o maior retorno”, explica.

Conforme ele, os licitantes conheciam o critério de escolha de “Melhor Oferta” desde o início do processo. Assim sendo, os profissionais que optaram em pagar um menor preço terão um menor retorno, “o que não quer dizer que isso vai ser prejudicial”. Cada ponto tem um número de vagas variável, o que representa duas ou até nove.

O Serviço de Transporte Individual Alternativo Complementar (Stiac) ofereceu 500 vagas aos profissionais. Após o pagamento, a Secretaria de Transportes e Trânsito (SMTT) escolheu os pontos de paradas e efetuou a assinatura dos contratos dos 500 moto taxistas no mês de novembro.
Deste número, 60 deles apresentaram a proposta, mas não efetuaram pagamento. Por conta disso, 60 novos moto taxistas foram convocados.

Os proprietários de tanques comunitários devem comunicar a Secretaria de Agricultura quando a água estiver próxima de terminar para que seja feito o reabastecimento e as pessoas não fiquem sem água. A Secretaria atende os responsáveis pelos tanques cadastrados pela Prefeitura Municipal em qualquer distrito.

No entanto, Ozeny Moraes ressalta que cerca de 95% dos tanques estão centralizados nos distritos de Governador João Durval Carneiro, Bonfim de Feira e Jaguara. Os interessados podem manter contato com a Secretaria e agendar o abastecimento através dos telefones 3602 4569, 3602 4563 ou 3602 4546.

Registro de queixas em novembro

A empresa de telefonia celular Oi liderou o registro de queixas na Coordenadoria Municipal de Defesa do Consumidor (Comdecon), conhecida como Procon, em Feira de Santana, durante o mês de novembro, com um total de 196 reclamações. Na lista também contam 49 queixas contra a Claro, a TIM vem com 35 registros e a Vivo com 25 ocorrências. Juntas, as quatro operadoras de telefonia celular somam 305 reclamações.

Durante o mesmo período, o órgão computou 2.689 queixas contra empresas que operam em diversos setores, inclusive estatais e concessionárias de serviços públicos. No ranking também contam dentre os principais alvos de queixas a Embasa, com 147 queixas; a Embratel, com 81 registros; o IBICard, com 75; ItauCard, com 71 registros; Starcell, com 58 queixas também durante o mês de novembro; seguido pela empresa de telefonia celular Claro, com 49 registros; e a CrediCard, com 48.

No balanço também figuram o HiperCard, G.Barbosa e Banco do Brasil, cada um com 46 registros; o consórcio Honda vem com 44 queixas; a Ricardo Eletro vem com 43 registros; e a Medial Saúde vem com 40 registros; a Coelba vem com 37 registros.

Dentre as empresas de telefonia celular ainda contam a TIM, com 35 queixas, mesma quantidade de BMG. A operadora de celular Vivo também está na lista com 25 queixas; seguida pelo banco Panamericano, também com 25 queixas; a Positivo, com 24 queixas. Já a Insinuante aparece com 23 registros; seguida pela CCE, com 22 registros; a LG, com 21; e a Nokia, com 17.

A Losango aparece na lista de queixas registradas no Procon com 16 ocorrências; seguida pelo Itaú, com 15; o banco Bradesco, também com 15; a Samsung, com 14; a Caixa Econômica Federal, com 11; e a Fininvest, com 10.

Queixas contra fornecedores de bens e serviços podem ser registradas nas unidades do órgão instaladas na avenida Maria Quitéria, 2.441, e no prédio do Centro de Atendimento ao Feirense (Ceaf), na rua Barão de Cotegipe. Informações também podem ser obtidas através do telefone (75) 3603-3700.

Secretaria de Saúde combate dengue

Nesta quarta-feira (16) a Secretaria de Saúde promove o evento “Capacitação Para Profissionais de Saúde da Rede Pública e Privada de Saúde Para Assistência aos Casos de Dengue”, com início às 8 horas e até às 17 horas, no auditório da própria Secretaria, na avenida João Durval Carneiro.

Durante o dia, serão realizadas palestras, mostra de vídeos e apresentação de campanha publicitária para os médicos e enfermeiros da rede pública e privada do município, sendo que um dos objetivos do encontro é discutir o Protocolo Clínico.

Os temas serão voltados para a situação da dengue em Feira de Santana, Bahia e Brasil, assim como para as medidas, controle, manejo clínico dos casos da doença e suas complicações e demais meios de combates.

Na abertura, o secretário de Comunicação Edson Borges vai apresentar a campanha publicitária para a prevenção e controle da dengue. Em seguida, Akemir Chastinet, da Secretaria de Estado da Saúde, Maricélia Maia de Lima, da Secretaria Municipal de Saúde, e o infecctologista Augusto Aníbal vão proferir palestras.

Segundo Janice Soares Brito, chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica, esta é uma capacitação antecipada para 2010. “Uma continuação de todo o trabalho que a Prefeitura vem realizando para o controle da dengue”, destaca.

Em Feira de Santana, são registrando casos da doença desde 1995, ocasião em que ocorreu a primeira epidemia na cidade com 10.392 casos notificados (dados da Sesab). Em janeiro de 2009 o município voltou a apresentar um aumento significativo no número de casos notificados de dengue em relação ao mesmo período de 2008, caracterizando assim, o inicio da epidemia.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114881 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.