Merenda escolar é desviada do depósito central da secretaria de Educação de Feira de Santana

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Uma comissão formada por cinco membros do Governo Municipal iniciou na manhã deste sábado (14) todo levantamento físico do estoque do depósito central da Secretaria Municipal de Educação.
Uma comissão formada por cinco membros do Governo Municipal iniciou na manhã deste sábado (14) todo levantamento físico do estoque do depósito central da Secretaria Municipal de Educação.
Uma comissão formada por cinco membros do Governo Municipal iniciou na manhã deste sábado (14) todo levantamento físico do estoque do depósito central da Secretaria Municipal de Educação.
Uma comissão formada por cinco membros do Governo Municipal iniciou na manhã deste sábado (14) todo levantamento físico do estoque do depósito central da Secretaria Municipal de Educação.

A tumultuada e confusa administração do governo Tarcízio Pimenta se envolve em mais um problema de ordem administrativa. Às voltas com problemas diversos que acarreta uma cidade do porte de Feira de Santana, a atual administração municipal, neste momento se encontra na preparação de uma sindicância que deverá ser instaurada para apurar o desvio de merenda escolar, ocorrido recentemente, no depósito central da Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura de Feira de Santana. Todo o trabalho  contará com a coordenação e o comando  do secretário José Raimundo Pereira de Azevedo.

A medida está sendo adotado após a apreensão de um veículo, tipo caminhão, placa JOH-0279, licença de Feira de Santana, carregado com cerca de 500 quilos de merenda escolar. A apreensão ocorreu no início da noite por prepostos da Guarda Municipal e Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT).

Além de procedimento administrativo, a Polícia Civil também vai apurar o caso. No final da noite desta sexta-feira (13/11/2009), o delegado João Rodrigo Uzzum, anunciou a autuação em flagrante do servidor público municipal, Antônio Fonseca Tavares, 46 anos, e do filho dele, Paulo César Suzart de Jesus, 29 anos.

Segundo o delegado titular da Decarga (Delegacia Especializada na Repressão de Roubo de Cargas), os dois foram autuados pelo crime de peculato (artigo 319 do Código Penal), que tem pena prevista de até 12 anos.

A decisão do delegado teve como base, além do estado de flagrante da apreensão da merenda, o teor dos interrogatórios. O motorista do caminhão, Marivaldo Alves Santos, 37 anos, contou que já teria feito outras duas viagens, cobrando o valor de R$ 80. Ainda no depoimento, ele afirmou que nunca fez entrega a qualquer escola da rede municipal de ensino.

O servidor público municipal, Antônio Fonseca Tavares, tem contra si um inquérito regular instaurado pela Polícia Civil pelo mesmo crime. Em 2007, após denúncia de desvio de merenda escolar, ele foi conduzido à Delegacia, onde foi ouvido na época pelo delegado Marcos Tebaldi e liberado.

Outras duas pessoas também foram conduzidas à Delegacia. São eles: Ataíde Souza dos Santos e Santos, 22, e Nelson Gonçalves Coelho, 27. Com o grupo a polícia encontrou: 55 fardos de macarrão, 01 fardo de arroz, 04 caixas de charque, pesando 30 quilos cada, além de 56 caixas de biscoito. Todo material ficou recolhido no depósito da Decargas, na avenida Maria Quitéria.

Comissão terá prazo de oito dias para apurar desvio

Uma comissão formada por cinco membros do Governo Municipal iniciou na manhã deste sábado (14) todo levantamento físico do estoque do depósito central da Secretaria Municipal de Educação. O local é utilizado para estocar a merenda que é distribuída na rede municipal de ensino.

Além de formar a comissão, o prefeito Tarcízio Pimenta, que visitou o depósito central na manhã deste sábado, também determinou à interdição do prédio, sendo autorizada, apenas, a entrada das pessoas que irão atuar junto à comissão.

“Para que todo processo seja transparente, gostaria que a comissão não convoque nenhum servidor da Secretaria Municipal de Educação para ajudar no levantamento físico do estoque”, ressaltou o prefeito Tarcízio Pimenta.

A comissão foi formada pelo secretário de Administração, João Marinho Gomes Júnior, e de Educação, José Raimundo Pereira de Azevedo, o sub-procurador do Município, Cleudson Santos Almeida, pelo presidente da comissão de licitação, João Urias Barros, e pelo diretor do Departamento de Administração Geral, Luiz Antônio Macedo Cruz.

Todas essas medidas estão sendo adotadas após a apreensão de um caminhão, placa JOH-0279, carregado com cerca de 500 quilos de merenda escolar. A apreensão ocorreu no início da noite de sexta-feira (13).

O servidor público municipal, Antônio Fonseca Tavares, 46 anos, e o filho dele, Paulo César Suzart de Jesus, 29 anos, foram autuados em flagrante pelo delegado João Rodrigo Uzzum, titular da Decargas. Os dois foram autuados pelo crime de peculato (artigo 319 do Código Penal), que tem pena prevista de até 12 anos.

O servidor público municipal, Antônio Fonseca Tavares, respondeu a inquérito regular pelo mesmo crime. Em 2007, após denúncia de desvio de merenda escolar, ele foi conduzido à Delegacia, onde foi ouvido e liberado. As outras pessoas que estão no caminhão foram ouvidas e liberadas.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113752 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]