Feira de Santana: radialista Dilton Coutinho afirma que ““vereadora tem que provar””

Radialista Dilton Coutinho afirma que vereadora tem que provar denuncias.
Radialista Dilton Coutinho afirma que vereadora tem que provar denuncias.
Radialista Dilton Coutinho afirma que vereadora tem que provar denuncias.
Radialista Dilton Coutinho afirma que vereadora tem que provar denuncias.

Durante o programa Rotativo News (Rádio Sociedade de Feira de Santana), que tem à frente o âncora Joilton Freitas, a vereadora Eremita Mota de Araújo (PP) travou uma severa discussão com o radialista Dilton Coutinho, que apenas foi finalizada quando, de forma abrupta, o âncora chamou os comerciais e tirou do ar os debatedores.

No cerne da questão está o projeto do governo federal ‘Minha Casa, Minha Vida’. Em uma infeliz declaração a vereadora deu a entender que o programa estaria com vícios e manipulações. Fatos contestados pelos funcionários da Caixa Econômica. A vereadora sentiu-se coagida, por eles e procurou a imprensa.

Nesse ponto, surge o radialista Dilton Coutinho, que durante o programa, Acorda Cidade, e no debate travado no programa Rotativo News, declarou de forma enfática, “vereadora tem que provar”, referindo-se às denuncias. Depois de receber elogios de Eremita Mota, seguiu com outra frase, “Não sou flex, gosto de mulher. Continuo na mesma posição. A senhora vai ter que provar”.Debates à parte, a vereadora retirou as denúncias e declarou que foi mal interpretada.

O radialista Coutinho comete grave equivoco. A vereadora não tem que provar nada. Compete às instituições policiais e jurídicas do país (polícia, Ministério Público, etc) que face as denúncias de cidadãos e representantes mandatários, abrir inquéritos e proceder investigações.

O erro do radialista é recorrente na imprensa local, que confunde o papel da vereadora e mesmo da própria imprensa com o de um tribunal. A vereadora como qualquer cidadão pode promover denuncias e caso estas firam direitos, depois de investigarem a denúncia, seja no âmbito policial ou administrativo, provarem serem infundadas, podem os cidadãos que se sentiram atingidos, processar seus denunciantes por calúnia e difamação.  A penalidade de quem faz denúncias vazias, ou embasadas apenas em achismos é a perda de credibilidade. Isto vale para o cidadão comum, parlamentar, profissional da imprensa, etc.

Se um profissional de imprensa tivesse que provar toda denúncia que veicula, o programa de Coutinho seria um mutismo só. Boa parte dele é feito com denúncias de cidadãos moradores de Feira que reclamam de buracos, falta de atendimento, entre outras coisas. Não vejo o radialista juntar prova material das denúncias que veicula no programa. E antes que diga que a denúncia é do cidadão, lembro-lhe que a partir do momento em que ele veicula, também passa a ser dele, conferido espaço público a uma informação que antes estava restrita.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109860 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]