Defensoria lança Ação Cidad㠖Velhos Amigos em Feira de Santana

Grupo Operativo da Ouvidoria Cidadã promoveu audiência pública em Feira de Santana.
Grupo Operativo da Ouvidoria Cidadã promoveu audiência pública em Feira de Santana.

No intuito de contribuir para o desenvolvimento da atuação na área de defesa dos direitos dos idosos, a 1ª Defensoria Pública Regional, com sede em Feira de Santana, promoverá, no dia 27 de novembro, às 09:00 horas, o lançamento da Ação Cidadã – Velhos Amigos. Na abertura, ocorrerá uma mesa de discussão que reunirá diversos representantes de entidades envolvidas com trabalho de proteção à dignidade do idoso na região. Foram convidados membros do Conselho Municipal do Idoso, do Ministério Público, da Polícia Civil, da 2ª Diretoria Regional de Saúde (DIRES), do Hospital da Mulher, do Hospital Pedro de Alcântara e do Hospital Geral Clériston Andrade, além do secretário municipal de saúde, João Carlos Cavalcante e do secretário municipal dos transportes, Flailton Frankles Rosa de Oliveira

Após a mesa de discussão, haverá o lançamento das cartilhas da Ação Cidadã – Velhos Amigos, elaborada pela Defensoria com o objetivo de esclarecer e sensibilizar a sociedade sobre os direitos estatutários dos idosos, em vigor desde 2004. De acordo com a subcoordenadora da Regional, Liliane Amaral, o objetivo é discutir de forma aprofundada a atuação da Defensoria Pública, bem como de outros órgãos da comarca na defesa dos direitos dos idosos. “Em Feira de Santana, a gente já vem desenvolvendo este trabalho de defesa dos direitos dos idosos, quando, por exemplo, buscamos sempre fornecer o atendimento prioritário a este público. Independente da classe social, ele não pode esperar. A lei é igual para todos”, pontuou a defensora pública

Ação – Criada em novembro de 2008, a Ação pretende conscientizar a sociedade, principalmente a família, sobre os direitos que as pessoas com mais de 60 anos têm, de acordo com o Estatuto do Idoso. O que motivou a instituição a realizar esta Ação Cidadã foram as estimativas do atendimento realizado pela Defensoria Pública Especializada da Pessoa Idosa: em cerca de 70% dos casos de violência contra esta fatia populacional, a família aparece como a principal responsável pelo ato. Entre os tipos de violência registrados estão retenção, empréstimo consignado fraudulento ou coativo, ameaça, abandono, cárcere privado e maus tratos.

O lançamento na Regional segue o plano da Defensoria Pública em descentralizar as Ações de cada área de atuação, levando também para os municípios onde há Defensoria Pública constituída.

*Com informações de Jamile Meneses

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108289 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]