Valente comemora Dia do Idoso com debate sobre o Estatuto

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.
Jornal Grande Bahia, informação com opinião e em defesa da Ecologia Integral.

Parceria entre o mandato da vereadora Leninha (PT de Valente) e o sindicato de trabalhadores rurais mobilizou a população idosa para discutir sobre os direitos.

 Mais de 200 pessoas idosas das comunidades rurais do município de Valente participaram das comemorações do Dia do Idoso, neste sábado (03/10/2009), na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Agricultores Familiares (Straf). O encontro, uma parceria entre o mandato de Leninha e o Straf Valente, teve como objetivo discutir a real situação dos idosos e informar sobre os seus direitos.

Participaram da atividade Claudionor Aquino e José Lino Soares, presidente e secretário de Políticas Sociais do Straf Valente respectivamente, Dinalva Lima de Oliveira, coordenadora do Grupo Social Melhor Idade em Movimento (GESMIM), Rafael Carneiro, presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), a deputada estadual Fátima Nunes e a vereadora Leninha, ambas do PT.

Dia 27 de Setembro é comemorado o Dia Nacional do Idoso e Dia 01 de Outubro é comemorado o Dia Internacional do Idoso. O Dia Nacional foi estabelecido em 1999 pela Comissão de Educação do Senado Federal e serve para refletir a respeito da situação dos idosos no País, seus direitos e dificuldades. O Brasil tem hoje a Lei nº 10741 de 01 de outubro de 2004, também chamado de Estatuto do Idoso, que regulamenta os direitos das pessoas com mais de 60 anos em temas como saúde, transporte, lazer e atendimento prioritário para os idosos, que é modelo seguido em todos os países. “O movimento sindical até hoje dialoga com a AGERBA sobre o direito dos idosos poderem utilizar o transporte intermunicipal, mas ainda não temos uma solução quanto à sua efetivação na Bahia”, assinalou o secretário de políticas sociais do Straf José Lino.

São muitos os problemas enfrentados pelos idosos em seu dia-a-dia no Brasil: a falta de contato com o mercado de trabalho, a desvalorização de aposentadorias e pensões, a depressão, o abandono da família, a falta de projetos e de atividades de lazer, além do difícil acesso aos planos de saúde. “O GESMIM foi criado para atender as demandas de uma população que é cada vez mais crescente no município, embora continue sempre ausente nas políticas públicas municipais”, disse a coordenadora Dinalva Lima.

A população no mundo aos poucos está envelhecendo e de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) por volta de 2025 haverá, segundo previsão, mais idosos do que crianças no planeta. São dados preocupantes, porque até o Brasil que já foi considerado como o país dos jovens, conta hoje com cerca de 13,5 milhões de idosos, representando 8% da população. Estima-se que em 20 anos o País será o sexto no mundo com o maior número de pessoas idosas. Esse futuro cenário geracional está diretamente relacionado aos avanços recentes da medicina e a melhora na qualidade de vida são as principais razões dessa elevação da expectativa de vida em todo o mundo. Estudos ainda indicam que há muita desinformação sobre as particularidades do envelhecimento e muito preconceito e desrespeito em relação às pessoas idosas, principalmente nos países pobres ou em desenvolvimento.

“Os idosos no Brasil já conquistaram alguns direitos sociais que ainda precisam ser respeitados e efetivados, a exemplo do Estatuto do Idoso. Foi por isso que participei da audiência na Casa Civil (30/09) que tratou sobre a alteração do regimento da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, com a criação da Coordenação Executiva dos Direitos para as pessoas idosas, a gratuidade no transporte intermunicipal e a criação do Fundo Estadual do Idoso e do Município Amigo do Idoso”, destacou a deputada Fátima Nunes.

”É imoral que as pessoas cheguem a certa altura da vida, depois de muito tempo de trabalho, tendo que ainda lutar para ter acesso a direitos básicos, como passe do idoso. A história testemunha uma grande insensibilidade política por parte dos empresários e de governos, sobretudo municipais. Os governos Lula e Wagner têm feito a diferença com políticas públicas para negros, mulheres, jovens e idosos”, disse a vereadora Leninha que é Líder do PT e presidente da Comissão de Educação, Saúde, Obras e Serviço Público da Câmara de Vereadores de Valente.

No encerramento do encontro a deputada distribuiu mais de 200 exemplares da Lei nº 10741 para os idosos presentes conhecerem melhor os seus direitos.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121698 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.