Tesouro capta US$ 25 milhões com títulos no mercado asiático

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

O Tesouro Nacional informou que vendeu mais US$ 25 milhões de papéis da dívida externa brasileira conhecidos como Global Bonds com vencimento em 2041 no mercado asiático. Com isso concluiu, a operação iniciada ontem (30/10/2009) nos mercados europeus e americano, quando foi vendido um total de US$ 1,25 bilhão com a segunda menor taxa de juros da história. Para papéis de 30 anos, foi a menor taxa.

No total, foram negociados nos três mercados US$ 1,275 bilhão. A aceitação de títulos de prazo longo demonstra a confiança dos investidores na economia brasileira e que o país não corre o risco de dar calote na dívida.

A emissão, liderada pelos bancos Barclays e HSBC, foi colocada ao preço equivalente a97,498% do seu valor de face, resultando em taxa de retorno (juros cobrados pelos investidores para comprar os papéis) de 5,80% ao ano.

A liquidação financeira ocorrerá no dia 7 de outubro de 2009, e, dessa forma, os recursos passarão a fazer parte das reservas internacionais. Os cupons serão pagos nos dias 7 de janeiro e 7 de julho de cada ano, até o vencimento em 7 de janeiro de 2041.

Essa é a primeira emissão desde que o Brasil obteve grau de investimento da agência de classificação de risco Moody’s. Com essa emissão, o Brasil captou US$ 3,55 bilhões no exterior em 2009.

A menor taxa em emissões externas foi conseguida pelo Brasil em maio de 2008, quando foram registrados 5,299% ao ano, mas para papéis de dez anos. Para papéis de 30 anos, essa é considerada a menor da história.

Na última vez que o governo lançou os papéis com vencimento em 30 anos, em janeiro de 2007, o Tesouro conseguiu juros de 6,635% ao ano. Em 2009, é a quarta vez que o Brasil emitiu títulos no exterior.

Em janeiro, a captação chegou a US$ 1,025 bilhão em títulos com vencimento em 2019. Em maio, foram captados mais US$ 750 milhões no exterior também em papéis com vencimento em 2019. No final de julho, o Brasil emitiu mais US$ 525 milhões em títulos com vencimento em 2037.

*Com informações da Agência Brasil

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]