Feirenses através de comentários encaminhados ao JGB manifestam sua tristeza e cobram justiça na apuração do assassinato do artista plástico

Marcus Moraes, morte violenta e solidariedade da comunidade registrada nas páginas do JFH.
Marcus Moraes, morte violenta e solidariedade da comunidade registrada nas páginas do JFH.
Marcus Moraes, morte violenta e solidariedade da comunidade registrada nas páginas do JFH.
Marcus Moraes, morte violenta e solidariedade da comunidade registrada nas páginas do JFH.

O professor e artista plástico Marcos Antonio de Moraes (54 anos), encontrado morto  no sábado (17/10/2009) em seu apartamento de número 103 (Jardim Presidencial), rua Milton Melo – bairro Santa Mônica. Fato divulgado. no mesmo dia , pelo  Jornal Grande Bahia,  causou  forte consternação  da população feirense. Consternação esta, que foi expressada através de uma enxurrada de comentários enviado ao jornal, com epítetos tipo: professor especial, grande figura humana maravilhosa, entre outros de forte apelo emocional. O latrocínio do artista plástico feirense chocou à comunidade de Feira, que exige das autoridades uma firme apuração sobre o crime para que este não caia no rol da impunidade. Prática tão comum em nossa sociedade.

Comentários 

De: Jadss Vitória – 17/10/2009
Indescritível… Um professor especial, uma peça rara, um homem maravilhoso!!! Como Guto também tive o prazer de estar com ele em momentos importantes da minha vida como no curso de Design Gráfico no CETEB, no qual ele era nosso coordenador e muitas vezes um pai. Você foi o melhor!!! Marcus Moraes.

De: Carla Rocha – 17/10/2009
É triste perder um dos únicos reconhecidos ícones da arte de Feira de santana. Marcus Moraes não só fazia arte em telas, mas também em sala de aula, como mestre. Todas estas artes eram dons de Deus,atribuídos a pessoas escolhidas por Ele. Saudades. “Mas eu confio na Tua benignidade, na Tua salvação se alegrará o meu coração.” (Salmos 13:5)

De: Ísis Moraes – 18/10/2009
Depois de hoje, não sei se consigo mais crer na humanidade. Porque se há entre nós indivívuos capazes de matar cruelmente um ser humano lindo como Marcus, a humanidade não é digna de habitar este mundo. Exemplo de caráter e honestidade, bom professor, amigo carinhoso, Marcus era umas dessas pessoas cujo sorriso era pura luz. Tudo perto dele era leveza e alegria, tudo perto dele ficava colorido como suas telas. Dia imensamente, irremediavelmente, triste hoje… Vai com Deus meu querido amigo…

De: Aldecir Filho – 18/10/2009
Sou leitor deste site, estou fora de Feira de Santana, Marcus Moraes foi meu professor de Educação Artistica, no Ensino Médio. Com ele aprendi muitas coisas, principalmente a respeitar o ser humano, lembro-me como hoje o ,emento em que ele chega na sala e diz a turma que esteve em Paris, e mostrou fotografias de sua recém viagem a Europa…embora tivesse contato com outras classes socais MArcus Moraes jamais deixou de ser humilde e simples. A sociedade civil perde uma grande personalidade, meus sentimentos a você Professor Marcus.

Leia mais comentários acessando a matéria:

Nesta manhã de domingo, foi enterrado o mestre, artista e decorador Marcus Moraes

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111097 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]