Curso prepara técnicos para prevenção e controle da monilíase do cacau no Sul da Bahia

Infográfico sobre a Monilíase do Cacau.
Infográfico sobre a Monilíase do Cacau.

Visando a prevenção e controle da moliníase do cacaueiro, doença mais devastadora que a vassoura-de-bruxa, que causou a redução de 70% na produção de cacau nas regiões litoral sul, extremo sul e baixo sul do estado, a Agência de Defesa Agropecuária do Estado da Bahia (Adab) realizará, no município de Ilhéus, deste sábado (31/10/2009) a 7 de novembro, o 1º Curso de Emergência Fitossanitária com Ênfase na Monilíase do Cacaueiro.

O objetivo do curso é formar equipes de emergência sanitária que atuarão no combate a possíveis focos da doença. A Bahia possui o status de maior produtor nacional da fruta e é livre da moliníase, mas a praga já é presente em países das Américas Central e Latina como também no alto do Amazonas, fronteira com o Peru, e seu avanço é de 100 quilômetros por ano.

Os técnicos da Adab irão aprender a lidar com a epidemia, caso a doença alcance o estado. A programação do curso conta com palestras, modelos de dispersão da praga, filmes, exercício de avaliação qualitativa do risco da introdução da monilíase, análise de risco, medidas de controle, plano de contingência, proposta para criação de barreiras, entre outros.

De acordo com a Instrução Normativa nº 38 do Ministério da Agricultura (Mapa), a monilia do cacau é considerada de alerta máximo, e pode causar perdas de até 100% dos frutos produzidos, o que exige ações de prevenção, contenção e controle da praga.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115091 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.