A performance das exportações baianas

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.
A performance das exportações baianas.
A performance das exportações baianas.

O mês de janeiro de 2009 já nos deu a expectativa de um ano igual ao que passou ou até mesmo um pouco melhor.

A influente volatilidade do dólar, a derrocada do valor das commodities, a redução dos embarques, principalmente de derivados de petróleo, metalúrgicos e petroquímicos e a restrição e encarecimento do crédito aos exportadores perverteram os números da balança comercial em novembro de 2008. As exportações do Estado da Bahia somaram US$ 610,6 milhões neste mês, tendo uma redução de 16,5% em relação ao mês anterior e uma queda maior se compararmos a novembro de 2007: 30%. Entretanto, no ano as exportações baianas conseguiram um novo recorde histórico, atingindo US$ 8,2 bilhões representando um crescimento de 21,1% com relação ao mesmo período de 2007.

Em novembro as importações também foram atingidas e recuaram 38,1% em comparação a outubro, atingindo US$ 443,8 milhões, ainda que registrassem uma pequena elevação (5,6%) em relação ao mesmo período do ano passado. A valorização da moeda americana, que desde o piso em agosto de 2008 chegou a 60% e sua grande volatilidade, foram as principais causas desta redução. Até outubro de 2008 as importações atingiram US$ 6,2 bilhões, 24,4% acima do mesmo período do ano de 2007.

Em novembro de 2008, no acumulado do ano, o segmento de papel e celulose foi o que mais se destacou pela liderança na pauta e pelo incremento em suas vendas. Este setor respondeu neste ano por 17% das exportações do Estado da Bahia, o que representou um volume de US$ 1,4 bilhão e 79,7% de crescimento sobre 2007.

Ao lado do segmento papel e celulose, o petróleo e derivados, através de vendas de US$ 1,4 bilhão e um crescimento de 35,1%, da mesma forma contribuiu para o rendimento final positivo das exportações baianas. Boa parte da performance deste segmento se deve ao aumento do preço do petróleo no mercado exterior na fase pré crise, onde o barril atingiu US$ 147 na bolsa de Nova York.

O bom desempenho das exportações baianas tem como principal motivo os fatores externos, como o aumento dos preços dos produtos produzidos na Bahia, no mercado internacional. Conseguimos através deste bom desempenho do comércio exterior baiano, uma excessiva valorização de commodities como minerais, químicos e alimentos. Não tivemos um melhor resultado porque as importações somaram US$ 1.672 bilhão e um crescimento de 25.14%.

O mês de janeiro de 2009 já nos deu a expectativa de um ano igual ao que passou ou até mesmo um pouco melhor. Os principais produtos importados pela Bahia no inicio deste ano foram: minério de cobre (US$ 118,6 milhões), nafta (US$ 24,6 milhões), cacau (US$ 20 milhões) e automóveis (US$ 13,4 milhões). Os principais mercados de importação do estado foram Chile (cobre, com 31% de participação), Argentina (16%), Estados Unidos (10%) e China (7,6%).

www.albertopeixoto.com.br

Alberto Peixoto
Sobre Alberto Peixoto 488 Artigos
Antonio Alberto de Oliveira Peixoto, nasceu em Feira de Santana, em 3 de setembro de 1950, é Bacharel em Administração de Empresas pela UNIFACS, e funcionário público lotado na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia, atua como articulista do Jornal Grande Bahia, escrevendo semanalmente, é escritor e tem entre as obras publicadas os livros de contos: 'Estórias que Deus Duvida', 'O Enterro da Sogra, 'Único Espermatozoide', 'Dasdores a Difícil Vida Fácil', participou da coletânea 'Bahia de Todos em Contos', Vol. III, através da editora Òmnira. Também atua incentivador da cultura nordestina, sendo conselheiro da Fundação Òmnira de Assistência Cultural e Comunitária, realizando atividades em favor de comunidades carentes de Salvador, Feira de Santana e Santo Antonio de Jesus. É Membro da Academia de Letras do Recôncavo (ALER), ocupando a cadeira de número 26. E-mail para contato: [email protected] Saiba mais sobre o autor visitando o endereço eletrônico http://www.albertopeixoto.com.br.