Stédile diz que reforma agrária depende da educação no campo

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

O ativista e líder camponês João Pedro Stédile defendeu, nesta quinta-feira (24/09/2009), a educação no campo como um dos principais requisitos para a reforma agrária no Brasil. Stédile participou, na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), do 15º Encontro Estadual das Educadoras e Educadores do MST – Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, que prossegue até domingo (27) com a presença de representantes de dezenas de municípios baianos.

Segundo João Pedro Stédile, para a reforma agrária é indispensável a formação intelectual e política de homens e mulheres do campo. Confirme disse, a luta de entidades como o MST não se resume à posse da terra, mas está diretamente vinculada a fatores como a preservação do meio ambiente e o rompimento com o atual modelo do agronegócio, além da participação do camponês neste processo.

Graduação 

Em palestra proferida também nesta quinta, o professor doutor Eurelino Coelho destacou que a presença do MST em debates em instituições como a Uefs reforça o entendimento de universidade pública e gratuita.

Dentre os objetivos do Encontro, está a discussão sobre a oferta de graduação em assentamentos do MST que poderá ser oferecida pela Uefs. A Universidade já tem praticamente elaborado o projeto do curso de Direito. A concretização do projeto ainda depende da aprovação dos conselhos superiores da Instituição. A programação do evento está disponível no portal www.uefs.br.

O Encontro foi aberto na manhã de quinta-feira com a participação de representantes de entidades públicas e privadas ligadas ao campo. Estiveram presentes Marcelino Galo (coordenador do Plano Nacional de Desenvolvimento da Pesca), Yulo Oiticica (deputado estadual – Bahia), Valmir Assunção (secretário de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza da Bahia), Luiz Gugé (superintendente do Incra na Bahia), Márcio Matos (dirigente nacional do MST), Nólia Oliveira (Movimento de Trabalhadores Assentados, Acampados e Quilombolas – CETA), Eduardo coordenadora estadual do Setor de Educação do MST), Lindomar Araújo (coordenador estadual de Educação no campo do MST-BA) e Frei Cal (vereador de Feira de Santana). Também estiveram presentes o vice-reitor da Uefs, Washington Almeida Moura, e a pró-reitora de Extensão, Maria Helena Besnosik.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]