Saúde mental foi tema de debate em programa da Cultura FM de Araci

Juarez Duarte Bomfim
Juarez Duarte Bomfim

Nosso correspondente na região sisaleira, o sempre atento cientista político Clodoaldo Almeida da Paixão, nos manda notícias sobre importante tema em questão, prioritário neste início de século: a saúde mental dos brasileiros. O programa “Debate em Destaque”, no município de Araci, discutiu sábado (05/09/2009) pela manhã, o tema doenças mentais. O debate teve como objetivo explicar para a sociedade as especificidades das ciências que cuidam das questões relacionadas à saúde mental e comportamental.

É cada vez maior o número de pessoas, nas cidades, com problemas de depressão, esquizofrenia, neurose etc. Mas a sociedade ainda, por falta de conhecimento, resiste em buscar apoio nos Centros de Atenção Psicossocial (CAP’s) com medo de serem taxadas de loucas.

De acordo com o debatedor, o estudante de Psicologia da Faculdade de Tecnologia e Ciência (FTC), em Feira de Santana, Alfredo de Morais Neto, “há várias manifestações das denominadas doenças mentais. E as ciências que tratam desses problemas são três, mas muitas vezes sem a devida distinção por parte das pessoas leigas: Psicologia, Psicanálise e a Psiquiatria. Justamente por isso, cada uma desenvolve papéis diferenciados no tratamento das doenças psíquicas. Eu, por exemplo, sou especializado no tratamento de usuários de drogas psicoativas e neurociências”, assinalou.

Ultimamente os jovens têm sofrido muito com as doenças da mente, sem saberem o que estão sentindo, sem saberem aonde buscar apoio. “Muitos jovens hoje estão passando por vários problemas psíquicos, mas as famílias ou não sabem como ajudar ou temem procurar os profissionais que cuidam desse tipo de doença. Esse debate foi muito importante para esclarecer quais são os tipos de doenças e quais os médicos que devem ser procurados”, destacou Josevaldo Silva Pinho, da comunidade de Tapuiu e coordenador do Coletivo Municipal dos Jovens de Araci (CMJA).

 “Por ser professora municipal, percebia a necessidade cada maior das famílias terem uma compreensão adequada do problema para poderem, no dia-a-dia, orientar melhor os seus filhos. Estagiei durante um ano no Hospital Especializado Lopes Rodrigues e pude verificar os sofrimentos das famílias e dos usuários. Sendo essa a iniciativa principal de buscar parceria com as entidades locais (CMJA, CULTURa FM e SAS) para promover esse debate”, apontou a professora municipal Gilma Reis que também é estudante de Psicologia da FTC.

Para o radialista George Silva, do programa “Debate em Destaque”, a discussão ajudou as pessoas da comunidade “saber reconhecer quando alguém de sua família estiver com problema e como e onde buscar apoio”.

Com o debate, houve vários pleitos apresentados pela comunidade durante o programa e a secretária de Ação Social do município de Araci, Maria Betivânia Lima de Jesus (Queinha), afirmou que a Prefeitura Municipal vai iniciar um trabalho e para isso pretende contratar Alfredo Neto

Juarez Duarte Bomfim
Sobre Juarez Duarte Bomfim 740 Artigos
Baiano de Salvador, Juarez Duarte Bomfim é sociólogo e mestre em Administração pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), doutor em Geografia Humana pela Universidade de Salamanca, Espanha; e professor da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Tem trabalhos publicados no campo da Sociologia, Ciência Política, Teoria das Organizações e Geografia Humana. Diversas outras publicações também sobre religiosidade e espiritualidade. Suas aventuras poético-literárias são divulgadas no Blog abrigado no Jornal Grande Bahia. E-mail para contato: [email protected]