Malogro Educacional | Por Américo Menezes

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

Os tóxicos em porcentagem elevadíssima nos colégios, a falta de respeito com os professores, o sexo livre com práticas explícitas, assiduidade aos motéis e, até assassinatos – que significa isso?
Quem pode negar esse quadro horrível na atualidade e que já vem acontecendo há muito tempo. Que se constate com a Polícia Federal, consultando os seus Anais. Isso é que se chama Malogro Educacional, insucesso da Educação ou falta de se ministrá-la, aos estudantes nos colégios. É incrível que não se reconheça essa verdade e não se ponham em prática as medidas necessárias quanto antes, salvando nossa mocidade desa deplorável situação.

Enquanto isso as pessoas de idade se cuidam e se tratam, procurando viver mais e melhor, e com saúde. Exemplos de idosos, homens e mulheres, na faixa vetusta, exibindo vitalidade e entusiasmo, a televisão nos apresenta com freqüência.

Com percuciência e imparcialidade, vamos examinar os dois quadros, o dos jovens e o dos odosos.

Não existe uma causa de tudo isso? Sertillanges, Mestre do Instituto de França em sua notável obra Educação Intelectual – Espírito, Condições, Métodos diz o seguinte. “Ciência é conhecimento pelas causas” – Procuremos então as causas ou a causa. Não, não é uma só causa, são várias, e todas evidentes! E a principal delas é o descaso dos nossos governos com o problema da Educação.

A parte referente aos idosos, por enquanto, pode ficar fora de foco, uma vez que é parte boa e, por si só, comprova o bem, a verdade e uma filosofia certa da vida. Sim, ela não precisa de correções, só pode produzir benefícios e arrancar aplausos, bem como servir de exemplo. Quanto aos jovens não se pode dizer o mesmo.

Em primeiro lugar, os professores do Ensino Médio são em geral pessimamente remunerados. E por isso também muito mal preparados para a função. Outrossim, sem nenhuma incumbência educacional. E são esses os professores do maior número de Brasileiros. Às vezes ainda recebem seus vencimentos com grande atraso. Isso é um Malogro Educacional. É uma das piores causas. Fica o professor até sem a devida e necessária autoridade, como acontece com todo profissional mal remunerado.

O Magistério é uma profissão sagrada, como outras, como a de Juiz. Vejamos se existe uma isonomia entre os vencimentos de um Juiz de Direito e um Professor. A diferença é tão humilhante para o Mestre que nem é bom trazê-la à baila.

No seio da família, que tem irrecusavelmente a função de educar seus filhos, hoje, existe uma ou mais de uma causa muito desfavoráveis à Educação. A primeira é que os pais, ambos, comumente trabalharem fora de casa. Os filhos ficam com muito menos tempo de atenção pelos seus pais. Torna-se mais difícil a ação educacional. Contudo, os pais zelosos, encontram sempre solução. Todavia, a permissividade dos pais é outro fator muito desfavorável. Educação e permissividade não combinam quase sempre. E a autoridade dentro de casa, dos pais, muitas vezes é pouca ou não chega a existir.

Educação é zelo, é amor, partindo daí, tudo pode ser remediado ou resolvido totalmente senão, cai no Malogro, no insucesso

Por exemplo: num condomínio de elevado nível social, com mansões e área verde, um jovem chegando de volta para sua casa, altas horas, possivelmente alterado, bateu fortemente com seu carro num poste que, como conseqüência, deixou todo o condomínio sem energia largo tempo com desconforto e prejuízos. Criou-se em seguida o maior problema: o pai do jovem colocou-se inteiramente ao lado do seu filho na Assembléia do Condomínio, tendo havido por isso os maiores debates e contrariedades. A atitude de um pai que se coloca ao lado de um filho que cometeu um erro evidnte, pratica um erro igual ao do filho ou maior, perdendo a oportundiade de dar ao seu filho uma lição preciosa de Educação.

Há pais que agem dessa maneira por sentimentalismo ou por estarem afastados dos bons princípios educacionais. É um insucesso ou Malogro Educacional.

A boa Educação dada aos filhos é uma grande rsponsabilidade dos pais, que traz uma gratificação infalível para os filhos e para os pais. “Eduquem-se as crianças de hoje e não será preciso castigar os homens de amanhã”, Pitágoras, sábio grego.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]