Folha de São Paulo denuncia censura do PT ao DEM baiano

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

A censura do PT da Bahia aos comerciais do DEM virou até assunto nacional. A Agência Folha e a Folha Online destacam a ação movida pelos petistas baianos contra comerciais do Democratas que apontam o descasdo do governo do PT na Bahia com a saúde e, principalmente, a segurança pública, em função da onda de violência que atingiu o estado desde a posse do governador Jaques Wagner.

A matéria lembra que a corregedora eleitoral do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) da Bahia proibiu anteontem o DEM de veicular propaganda partidária na televisão que responsabiliza o governo de Jaques Wagner (PT) pela onda de ataques que deixou ônibus e postos da Polícia Militar destruídos na semana retrasada em Salvador. A decisão tem caráter liminar e o DEM já recorreu.

Na inserção de 30 segundos, veiculada na última sexta-feira em quatro emissoras locais, o partido apresenta manchetes de jornais baianos que tratam da onda de violência em Salvador, faz um balanço da segurança pública no estado e critica a “morosidade e falta de compromisso com os baianos” por parte do governo estadual. A decisão da corregedora eleitoral Cynthia Resende foi tomada após representação feita pelo PT, que alegou “desvio da finalidade da propaganda gratuita político-partidária”.

Para o deputado ACM Neto (DEM-BA), a proibição da propaganda é “absurda”. “O PT está querendo censurar a verdade para o povo baiano. Essa verdade pode doer ao PT, mas ela não pode ser escondida”, afirmou o deputado, que publicou o vídeo em seu site oficial após a decisão da corregedora. Segundo ACM Neto, o DEM vai recorrer da decisão.

A Folha lembra que a segurança pública é uma das áreas mais criticadas do governo estadual, que enfrenta problemas como o aumento do tráfico de drogas. O governo baiano atribui a onda de ataques da semana retrasada em Salvador à transferência do líder de uma facção criminosa para um presídio federal em Campo Grande (MS). Em seis dias de atentados, 16 ônibus e nove postos da PM foram destruídos, dez suspeitos foram mortos em confrontos com a polícia e 24 foram presos. Outras 11 pessoas ficaram feridas, entre elas quatro policiais.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110959 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]