Exposição ‘Direito à Memória e à Verdade: a ditadura no Brasil de 1964 a 1985’ ocorre em Salvador

Repressão militar contra estudantes da cidade de São Paulo, durante a ditadura Civil-Militar de 1964 a 1985.Repressão militar contra estudantes da cidade de São Paulo, durante a ditadura Civil-Militar de 1964 a 1985.
Repressão militar contra estudantes da cidade de São Paulo, durante a ditadura Civil-Militar de 1964 a 1985.

Repressão militar contra estudantes da cidade de São Paulo, durante a ditadura Civil-Militar de 1964 a 1985.

Até terça-feira (15/09/2016) ainda há tempo para visitar a exposição ‘Direito à Memória e à Verdade: a ditadura no Brasil de 1964 a 1985’ montada na Galeria dos Mestres do Forte de Santo Antônio Além do Carmo, no Largo de Santo Antônio, Centro Histórico de Salvador. A mostra faz parte das comemorações pelos 30 anos da Anistia, organizadas pela Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Governo da Bahia.

São, ao todo, 15 painéis que mostram, entre outros acontecimentos, a trajetória de luta do povo brasileiro pela Anistia no país, lembrando fatos históricos marcantes da época da Ditadura, como o fechamento do Congresso Nacional, as manifestações por eleições diretas e contra a Censura, a promulgação do AI 5 e, finalmente, a Anistia, em 28 de agosto de 1979.

A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 8 às 18h. O Forte de Santo Antônio Além do Carmo é administrado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac), autarquia da Secretaria Estadual de Cultura (Secult).

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]