Criação de depósitos geológicos está em debate na AIEA

Centro de Controle da Usina Nuclear Angra 1.
Centro de Controle da Usina Nuclear Angra 1.

Projeto depende do apoio dos governos e do consentimento das populações locais. O licenciamento de depósitos geológicos seguros para armazenamento de detritos nucleares é o principal tema dos debates desta quinta-feira, na Conferência Geral da Agência Internacional de Energia Atômica, Aiea, em Viena, na Áustria.

França, Finlândia e Suécia, que já deram início ao processo de criação desses depósitos, e os Estados Unidos, discutem nesta rodada como licenciar e colocar em prática o projeto.

Apoio

Para o diretor da Divisão do Ciclo de Combustível Nuclear e Detritos Tecnológicos da agência, Hans Forsstroem, o sucesso desses e de outros países é de grande importância para o campo da energia nuclear em geral.

No entanto, os representantes das nações reunidas no debate lembraram que a operação depende do apoio operacional dos governos em longo prazo e do consentimento pleno das populações locais.

Especialistas no assunto concordam ainda que reguladores nucleares de todo o mundo devem trocar informações sobre os projetos com o objetivo de garantir que todas as medidas operacionais de segurança sejam tomadas corretamente.

A conferência da Aiea segue até sexta-feira com uma nova rodada de debates.

Baixe

Reportagem do Jornal Estadão aborda ‘Destino do lixo nuclear, herança para nossos filhos’

Reportagem do Jornal Estadão aborda ‘Destino do lixo nuclear, herança para nossos filhos’.
Reportagem do Jornal Estadão aborda ‘Destino do lixo nuclear, herança para nossos filhos’.
Vista da Usina Nuclear Angra 1, em Itaorna, Angra dos Reis, Rio de Janeiro.
Vista da Usina Nuclear Angra 1, em Itaorna, Angra dos Reis, Rio de Janeiro.

 

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110063 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]