Feira de Santana: vereador Antônio Francisco Neto elogia ação de Jairo Carneiro na Câmara dos Deputados e diz que ele deixa lacuna no DEM

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

Vereador crítica noticiário da Agecom sobre a Expofeira 

O vereador Ewerton Carneiro, o Tom (PTN), hoje (08/04/2016), na tribuna da Casa da Cidadania, no horário do pequeno expediente, utilizando a matéria “Estado dá R$ 40 mil e tenta capitalizar Expofeira”, postada hoje, num blog do município, declarou que a 34ª Exposição Agropecuária de Feira de Santana está sendo usada pelo governo estadual para fazer propaganda política.

Segundo Tom, todos os méritos da Expofeira estão sendo creditados ao governador Jaques Wagner e ao secretário de Agricultura, Roberto Muniz, através da matéria “Expofeira movimenta o agronegócio baiano”, publicada no último dia 06, no site da Assessoria Geral de Comunicação Social do Governo do Estado da Bahia (Agecom).

Na oportunidade, Tom ressaltou que o valor disponibilizado pelo governo do estado para realização do evento agropecuário é irrisório, diante dos custos elevados que são necessários para infra-estrutura da festa. “Veja a importância da Expofeira para o governo estadual, ele dá 40 mil reais, uma bagatela dessas, e ainda faz propaganda política em cima do evento”.

O vereador acrescentou ainda que “a propaganda do governo estadual só seria coerente se ele disponibilizasse para a Expofeira milhões de reais”. Para Tom, 40 mil reais não dão nem para pagar as bandas locais contratadas para a festa. “O prefeito Tarcízio Pimenta precisa refletir sobre esse apoio do estado”, analisou.

Roberto Tourinho criticou a exoneração do diretor adjunto do presídio  

O vereador Roberto Tourinho (PSB), cobrou do deputado estadual José Neto (PT), explicações convincentes sobre a exoneração de Verival Santos de Jesus, do cargo de diretor adjunto do Conjunto Penal de Feira de Santana. Segundo Tourinho, o ex-diretor foi indicado pelo PSB, como recompensa do apoio a base governista do Poder Executivo Estadual.

Sem citar nomes, o vereador disse que surgiu uma conversa na cidade que Verival perdeu o cargo porque pertence ao PMDB, partido que recentemente rompeu com o PT no estado da Bahia. “Eu achei estranho porque não é possível que o governo do estado não saiba identificar as pessoas que estão nos partidos”, observou Tourinho.

Indignado, Tourinho declarou também que o PT precisa rever o conceito de companheirismo. “Embora o Partido dos Trabalhadores tenha como jargão, exatamente chamar as pessoas de companheiros, se existe na política aqueles que menos agem com companheirismo são alguns militantes do PT.

Para o vereador, o deputado José Neto é conivente com a exoneração de Verival. “Na Bíblia costuma-se dizer que não cai uma folha seca de uma árvore que não seja pelo consentimento de Deus. Em Feira de Santana, não cai um ofício numa repartição pública que não seja pelo consentimento do deputado José Neto”, comparou.

Tourinho afirmou ainda que, sem justificativa, não tem como aceitar de forma pacífica a exoneração de Verival. “Nós do PSB não estamos satisfeitos com a demissão do Dr. Verival Santos. É melhor que o PT resolva esse problema para que não aconteça um problema maior”, ameaçou.

Vereador do DEM reprova discurso político do governador no palanque da Expofeira 

O vereador Luiz Augusto reprovou a forma como o governador Jaques Wagner e seus secretários discursaram no Parque de Exposições João Martins da Silva, na solenidade de abertura da Expofeira, no último domingo. Lulinha, como é mais conhecido, esteve no palanque oficial representando a Câmara Municipal, visto que o presidente do Legislativo, Antônio Carlos Ataíde, não pôde comparecer.

Achou estranho que o serviço de imprensa do governador tenha tentado assumir o cerimonial, tendo em vista que se tratava de um evento de responsabilidade da Prefeitura. “Estive presente em um ato da Prefeitura, não do governador”.

Para o vereador, o governador fez um discurso político, com críticas à administração anterior, do prefeito José Ronaldo, um aliado político do atual prefeito Tarcízio Pimenta. “Pensei que o governador iria fazer um discurso diferente, sobre a Expofeira; mas falou sobre política. Disse que fulano estava em um grupo político, hoje está na base do governo. Ironizou várias vezes. O secretário de Agricultura do Estado também tentou atingir a antiga administração”.

O vereador do Democratas disse que houve democracia do prefeito Tarcizio Pimenta, em convidar a comitiva do governador ao palanque. “Mas me senti mal ali. O prefeito é do DEM. Estar no palanque e ouvir secretário dizer que a Expofeira estava acabada, criticar a administração anterior, é complicado”.

Por sua vez, o secretário de Agricultura, Ozenir Moraes, não foi convidado a discursar na solenidade. “Foi uma descortesia. Quem falou foi o secretário estadual. O Estado contribuiu com apenas R$ 40 mil. Um valor insignificante, e queria controlar o cerimonial. O pessoal da imprensa do Governo do Estado tentou assumir a solenidade, mas o prefeito Tarcízio Pimenta impediu, pois se trata de um evento da Prefeitura”.

David Neto critica qualidade dos animais na Exposição Agropecuária  

O vereador David Neto parabenizou, em discurso na sessão de hoje da Câmara Municipal, o prefeito Tarcízio Pimenta, por ter organizado a Exposição Agropecuária de Feira de Santana, iniciada no último domingo, com uma boa estrutura, embora tenha disponibilizado de poucos recursos.

No entanto, ele criticou a qualidade dos animais que estão expostos no Parque João Martins da Silva. “Pelo que observei, os animais são de baixa qualidade”, afirmou. “Só tem boi magro”, disse o vereador.

Segundo ele, pela importância da Expofeira e sua tradição na agropecuária baiana, é necessário melhorar a linhagem dos animais que são trazidos para o evento. Defendeu que o governo federal crie linhas de financiamento para a agropecuária.

O vereador Luiz Augusto apenas se deteve, em seu comentário, sobre a quantidade de animais levados para a Expofeira pela Fazenda Mocó, órgão do Governo do Estado sediado em Feira de Santana. “Pelo que fui informado, a Fazenda Mocó levou para a exposição apenas 10 galinhas e três bodes”, disse ele.

Para o vereador Marialvo Barreto, é boa a qualidade dos animais na Expofeira. “Vi rebanhos de qualidade espetacular”, discordou. Sobre a Fazenda Mocó, o petista afirmou que o órgão apresenta na Expofeira cabras – e não bodes – da mais alta linhagem. “Não é necessário levar todo o plantel, nem todas as galinhas para uma exposição”.

Antônio Francisco Neto elogia ação de Jairo Carneiro na Câmara dos Deputados e diz que ele deixa lacuna no DEM 

O deputado Jairo Carneiro, que recentemente desfiliou-se do DEM, deixou uma lacuna no partido. A opinião é do vereador Antônio Francisco Neto, que faz parte da legenda. “Ele foi filiado por cerca de 40 anos no partido, desde a época em que era chamado de PDS e depois PFL”, lembrou.

Contrário ao movimento de alguns políticos para que o prefeito Tarcízio Pimenta pedisse os cargos municipais preenchidos por aliados do deputado, o vereador disse que em pouco tempo de mandato – na condição de suplente, Jairo assumiu o lugar do deputado João Leão, que se tornou secretário estadual de Infra-Estrutura e deixou o Congresso – o parlamentar feirense já consegue resultados de seu trabalho.

“Está estampado em manchete do jornal Tribuna Feirense: fruto do trabalho do deputado junto aos governos estadual e federal, ele consegue trazer recursos para Feira de Santana. A verba que estava perdida, em uma emenda de bancada, vai ser liberada, por meio da dotação do próprio Governo Federal. Ele conseguiu reverter o quadro”, elogiou Francisco Neto.

Para o vereador, o deputado mostra, assim, que é um legitimo feirense. “Sou do partido Democratas e poderia estar pregando aqui que ele fosse cassado. Mas o que observo é que Feira de Santana ganhou mais um deputado federal. Agora, são três, para reivindicar pela Bahia. Ele se junta aos deputados Colbert Martins e Fernando de Fabinho”.

Antônio Francisco Neto declarou que não faz “política da perseguição e do mau trato”. Defende que têm que ser valorizadas as ações dos políticos. “Feira de Santana está de parabéns, pois o deputado Jairo se encontra em Brasília procurando reivindicar e trazer recursos importantes para o desenvolvimento de Feira de Santana”.

“Pelos braços de Wagner, Feira de Santana tem mais um deputado federal”, afirmou o vereador Marialvo Barreto, em adendo ao discurso do vereador Francisco Neto. O petista se refere à articulação política do governador, que resultou na ascensão de Jairo à condição de deputado.

Getúlio cobra que seja cumprido requerimento convocando secretário de Saúde à Câmara 

O vereador Getúlio Barbosa cobrou, mais uma vez, a presença do secretário de Saúde, João Carlos Cavalcante, em plenário, para prestar informações sobre diversos assuntos relacionados à pasta. Ele foi autor de um requerimento, aprovado em março deste ano, pedindo o comparecimento do secretário na Casa da Cidadania, para uma sessão especial.

Fazendo a leitura da Lei Orgânica Municipal, ele reiterou que requerimento de interesse público, aprovado pela Câmara, precisa ser cumprido. “Espero que esta Casa não seja desrespeitada. Não queremos apertar secretário nenhum. Mas ele precisa comparecer. O requerimento foi aprovado há cinco meses e até o momento não se deu satisfação nenhuma”, protestou.

O vereador Roberto Tourinho solicitou ao presidente Antônio Carlos Ataíde que providencie um ofício ao secretário de Saúde no sentido de que seja marcada a sessão especial para o prazo de 15 dias. “Se ele se nega a comparecer, ou é incompetente ou tem algo a esconder”.

Diante das observações dos vereadores Getúlio Barbosa e Roberto Tourinho, o presidente da Câmara solicitou ao líder governista Justiniano França que providencie a programação da presença do secretário no plenário, para prestar as informações previstas no requerimento.

Morre vereador da primeira legislatura na Câmara de Feira de Santana

Vereador da primeira legislatura na Câmara de Feira de Santana, Abílio Aquino Santa-Fé, parlamentar da 1ª legislatura de Feira de Santana, eleito nas eleições gerais de 1947 pelo PSD, faleceu hoje na cidade de Tanquinho, onde residia. A informação foi dada, com pesar, pelo presidente da Casa da Cidadania, Antônio Carlos Ataíde. Ele determinou que fosse feito registro na ata dos trabalhos. Hamilton foi vereador na legislatura de 1948 a 1951.

Desconhecidos impedem que empresa inicie obra do Instituto Federal de Ensino Tecnológico  

A obra de construção do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado da Bahia (IFBA), em Feira de Santana, está sob ameaça de não ser realizada. O vereador Ângelo Almeida disse estar informado que “elementos” se apresentam como proprietários do terreno doado pela Prefeitura para que a União possa erguer as instalações do órgão e estão impedindo que os trabalhos sejam iniciados.

“A licitação foi feita, a empresa vencedora foi ao terreno para iniciar as obras, mas alguns indivíduos compareceram se dizendo donos da área, com arma em punho, e expulsaram os funcionários”, relatou o vereador. O fato teria ocorrido no último sábado.

De acordo com o vereador, a área foi legalmente desapropriada pela Prefeitura, ainda na gestão do ex-prefeito José Ronaldo, e doada ao Governo Federal. “O Município faria a contrapartida da terraplanagem, o que o prefeito atual não cumpriu”, diz ele. Mesmo assim, acrescenta, a empresa assumiu a terraplanagem, tentou iniciar os serviços, mas não conseguiu.

Ângelo agendou reunião com algumas pessoas que lhe trouxeram o problema, mas apelou ao líder do governo Tarcízio Pimenta na Câmara, Justiniano França, para dar sua contribuição:

“Tenho certeza que o líder do Governo pode obter mais informações e contribuir para que as medidas cabíveis sejam adotadas, junto ao Ministério Público, Polícia Civil e Polícia Federal. Os feirenses sonham com esta obra tão importante para a formação tecnológica e estamos na iminência de um escândalo nacional, com esse impedimento sob o uso da força”.

O vereador Justiniano França afirmou que o Município tem documentação de posse do terreno, segundo informação obtida por ele junto ao secretário municipal de Planejamento, Carlos Brito. “Não existe duas escrituras de um mesmo imóvel”, disse, garantindo a legalidade do processo de desapropriação.

No final da sessão, o vereador Ângelo Almeida disse que conversou com a reitora do IFBA, Aurina Santana, com quem tratou do problema. “Ela disse que as providências legais já estão sendo adotadas”, declarou o petista.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]