Confira a coluna de Antônio José Larangeira de 29 de setembro de 2009

Antônio José Larangeira.Antônio José Larangeira.

Quando se esperava o contrário, a gestão administrativa do Centro de Cultura Amélio Amorim voltou para a Secretaria de Cultura da Bahia (Secult), após seis anos sob a responsabilidade da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). O anúncio da mudança foi feita na tarde da quinta-feira (24) pelo secretário de Cultura, Márcio Meirelles, e pelo reitor José Carlos Barreto, em coletiva à imprensa, na qual também foi informada que o Governo do Estado vai restaurar o conhecido “Jerimum”, localizado no espaço “Carro de Boi”, dentro do Amélio Amorim. O secretário e o reitor informaram que a decisão foi adotada em comum acordo após sucessivos debates e reflexões. Meirelles elogiou a gestão do CCAAm, desenvolvida pela Uefs através do Cuca, porém, afirmou de que com o novo modelo de gestão, a Secult pretende estreitar os laços com os artistas dos municípios que integram a região de Feira de Santana. Com a gerência do Amélio Amorim, explicou, a Secretaria de Cultura vai manter prepostos no município, facilitando a intermediação e o diálogo.

Caruru

Solange Lins de Albuquerque recebe dia 3 de outubro, sábado,para o seu tradicional caruru, que realiza todo ano, há mais de quatro décadas, recebendo familiares e amigos,a partir das 20 horas em seu apê no Jardim Brasil, Salvador.

Férias

José Quintiliano Guimarães entra de férias do Tribunal Regional do Trabalho Salvador e segue dia 5 de outubro em temporada entre Buenos Aires e Bariloche.

Stédile palestrou

O ativista e líder camponês João Pedro Stédile defendeu, na quinta-feira (24), a educação no campo como um dos principais requisitos para a reforma agrária no Brasil. Stédile participou, na Universidade Estadual de Feira de Santana , do 15º Encontro Estadual das Educadoras e Educadores do MST – Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, que se prolongou até domingo (27) com a presença de representantes de dezenas de municípios baianos. Entre os presentes Marcelino Galo (coordenador do Plano Nacional de Desenvolvimento da Pesca), Yulo Oiticica (deputado estadual – Bahia), Valmir Assunção (secretário de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza da Bahia), Luiz Gugé (superintendente do Incra na Bahia), Márcio Matos (dirigente nacional do MST), Nólia Oliveira (Movimento de Trabalhadores Assentados, Acampados e Quilombolas – CETA), Lindomar Araújo (coordenador estadual de Educação no campo do MST-BA) e o vereador Frei Carlos Alberto Rocha.

Figuras populares

Os 100 anos do Jornal Folha do Norte foi o tema do VIII Encontro de Figuras Populares realizado no domingo (27), na sede social da Euterpe Feirense pelo repórter fotográfico Reginaldo Pereira, que reuniu pessoas muito conhecidas e populares de Feira de Santana e Região. Entre os homenageados o jornalista José Carlos Pedreira (Zé Coió) por ser uma das queridas figuras da cidade e que já ultrapassou os 70 anos, quase trinta de jornalismo e o seu jornal NoiteDia completou 11 anos no dia 18 passado. Também foi homenageado o empresário José Olympio Mascarenhas, cidadão de um pioneirismo ímpar na cidade. Foi sua a primeira loja a vender através de crediário próprio, realizou em Feira de Santana o primeiro Congresso Lojista da Bahia, criou o Baile Caju de Ouro e fundou a primeira rádio FM da cidade (hoje Princesa), entre outras coisas. Ele também completou 70 anos no mês de agosto.

Esta coluna é publicada nos sítios jornalísticos: 

Jornal Grande Bahia,

Tribuna da Bahia e

Notícias da Bahia

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Antonio José Larangeira
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: [email protected]