Aécio Neves e ACM Neto defendem partilha do pré-sal

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

Deputado condena decisão do presidente de votar projetos com urgência.

 O deputado ACM Neto (DEM) criticou hoje o atraso do governador Jaques Wagner (PT) em defender a posição do regime de partilha para exploração do petróleo na camada do pré-sal. Para Neto, quem tem exercido pressão sobre o presidente Lula e a ministra Dilma Rousseff (Caca Civil) é o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Gabral (PMDB), que defender que a maior parte dos recursos obtidos com a exploração da camada do pré-sal fique com os estados exploradores, que inclui também São Paulo e Espírito Santo.

“O governador Jaques Wagner não deixou clara sua posição com relação à forma como deve se dar a partilha do pré-sal. E isso ficou claro hoje nos jornais. O governador deveria agir com a mesma firmeza com que tem agido o seu colega do Rio de Janeiro, só que no sentido oposto”, afirmou Neto. Segundo ele, a maior parte da bancada do DEM defende a partilha entre os estados, de forma a beneficiar principalmente os mais pobres. “Só assim será possível investir esses recursos de maneira igualitária para a educação e a saúde”. Neto também condenou a decisão do presidente Lula de pedir a urgência na tramitação dos quatro projetos que regulamentam a exploração de petróleo na camada do pré-sal.

A posição de ACM Neto foi a mesma manifestada pelo governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), que está em Salvador para receber o título de cidadão baiano na Assembléia Legislativa. O tucano disse que, apesar de considerar legítima a reclamação do governo do Rio quanto à distribuição dos royalties, acha que a discussão tem que ser feita “com generosidade”. O governador afirmou que a educação e a saúde podem ser beneficiadas com os recursos do pré-sal.

“O Rio deve ter participação nisso, mas o Brasil de alguma forma também tem que ser beneficiado, ou vamos ter uma distorção ainda maior entre estados e regiões. Os recursos devem atender ao Brasil. Educação é um grande pacto de investimentos vigorosos. Educação pública de qualidade, treinamento de professores, equipamentos nas escolas. Quem sabe o pré-sal possa permitir esse pool de investimentos em educação e saúde”.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]