Últimos dias da exposição do Ipac no Recôncavo

Jornal Grande Bahia, informações com opinião.
Jornal Grande Bahia, informações com opinião.

Moradores e turistas do Recôncavo têm até a próxima terça-feira (25/08/2009) para visitar a exposição Duas paisagens: uma troca de olhares, que utiliza a ponte D. Pedro II, que liga São Félix a Cachoeira sobre o Rio Paraguaçu e foi tombada como Patrimônio da Bahia, para exibir grandes painéis fotográficos com imagens das duas cidades.

Além da ponte, inaugurada pelo imperador D. Pedro II em 1885 e que possui 365 metros de extensão construídos em peças de ferro vindas da Inglaterra, a mostra fotográfica ocupa o Centro Cultural de São Félix e um escritório regional do Governo do Estado, em Cachoeira.

A iniciativa é do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), autarquia da Secretaria Estadual de Cultura (Secult), que implanta diversas ações nas duas cidades por meio do Programa de Educação Patrimonial.

“Realizamos intenso trabalho de dois meses provocando envolvimento dos poderes públicos, especialistas em educação e restauração, instituições de ensino e sociedade civil”, explica o curador da exposição e gerente de Pesquisa Legislação Patrimonial e Patrimônio Intangível (Gepel) do IPAC, Mateus Torres. Para Torres, a intenção da mostra é fazer com que as cidades se vejam, se conheçam mais e reflitam sobre suas histórias, origens, riquezas, diferenças e que, por fim, se valorizem e se auxiliem nos processos de preservação cultural.

Exposição

Reúne 70 painéis fotográficos, distribuídos na ponte, galeria do IPAC e na Casa de Cultura de São Felix. A ponte abriga 16 painéis, de modo que as fotografias de Cachoeira só apareçam para quem vem de São Félix, e vice-versa. As fotos foram garimpadas em arquivos oficiais e particulares de moradores das cidades, e do Arquivo Público do Estado.

A mostra foi aberta em 25 de junho (2009) pelo Ministro da Cultura, Juca Ferreira, e o Governador da Bahia, Jaques Wagner, entre outras autoridades, para marcar, pelo segundo ano, a transferência do governo estadual para Cachoeira, em comemoração ao aniversário da cidade e à ‘Independência da Bahia’.

Os painéis de 2 X 3 metros, exibidos na ponte, chama atenção dos moradores e das centenas de pessoas do Recôncavo que transitam nesse monumento centenário. As imagens mostram desde o Grupo de Samba de Roda Suerdieck e a fabricação de charutos Dannemann, até o legendário vapor de Cachoeira, que fazia a travessia para Salvador.

No encerramento da exposição, na terça-feira (25), o IPAC promoverá extensa programação para encerrar a exposição em Cachoeira e São Félix:

12h – Encontro na Galeria do Ipac, em Cachoeira
· Anúncio da cessão do escritório do Ipac para o Conselho Curador do Fundo Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico e Cultural da Cidade de Cachoeira
· Anúncio da doação dos painéis da Ponte D. Pedro II às Prefeituras de São Félix e Cachoeira e ao grupo de Samba de Roda Suerdieck
· Homenagem ao Centenário de Nascimento de Luiza Franquelina da Rocha – Gaiaku Luiza
12h20 – Saída da Galeria do Ipac, acompanhando os bonecos da Casa da Cultura Américo Simas, até a Ponte D. Pedro II
12h40 – Encontro da comitiva com a Filarmônica Minerva Cachoeirana
13h10 – Encontro com a Charanga e Gil
13h30 – Apresentação dos grupos de Samba de Roda
16h – Encerramento das atividades

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120609 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.