Professores da UEFS aderem a Dia Nacional de Luta

Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia

Categoria participará de dois atos que denunciam os efeitos da crise econômica sobre a classe trabalhadora.

As principais centrais sindicais e movimentos sociais do país vão às ruas nesta sexta-feira, 14 de agosto, para realizar protestos num Dia Unificado de Luta. Em alguns locais de trabalho estão previstas paralisações. Os trabalhadores vão denunciar as constantes demissões,  reivindicar mais emprego e melhores vencimentos, redução da jornada de trabalho, sem redução de salários e a manutenção dos direitos trabalhistas.

Em suas convocatórias, os sindicatos denunciam a crise econômica que continua gerando sérias conseqüências aos trabalhadores do país. Além disso, defendem que os governos priorizem os investimentos em políticas sociais. “O governo Lula se limitou a ajudar os banqueiros e empresários e reduzir verbas das áreas sociais”, destacam as centrais.

As atividades ocorrerão em todos os estados com categorias em campanhas salariais, representações do funcionalismo público e movimentos sociais e estudantis.

Em assembléia realizada no último dia 6, os professores da UEFS avaliaram a participação da ADUFS nesta mobilização e atendendo ao chamado da Coordenação Nacional de Lutas (CONLUTAS), foi aprovada uma panfletagem no portal da UEFS, às 7h do dia 14.

Os professores também participarão de um Ato, nesta quinta-feira, às 10h, em frente à Prefeitura de Feira de Santana, com outros sindicatos e movimentos sociais feirenses. Eles distribuirão um panfleto que contextualiza esse momento da crise econômica em Feira de Santana, com dados sobre demissões nas indústrias da cidade e outros problemas que vêm sendo enfrentados pelo funcionalismo público feirense. Veja panfleto aqui.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111239 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]