Orquestra Neojibá continua turnê no NE e faz concertos a R$ 1

Logomarca do Jornal Grande Bahia.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.

A Orquestra Juvenil 2 de Julho (J2J), formada pelo Núcleo de Orquestras Juvenis e Infantis do Estado da Bahia (Neojibá), um dos projetos prioritários para a Secretaria Estadual de Cultura (Secult), iniciou com sucesso sua primeira turnê no Nordeste.

A temporada, que começou em Aracaju no dia 3 deste mês, teve seu ponto alto em Maceió, onde a orquestra foi recebida por 1,3 mil pessoas. A turnê segue para João Pessoa (08/08/2009), Natal (9), Fortaleza (11), com encerramento em Salvador, no dia 14. O ingresso custa R$ 1.

Com 90 músicos e regida pelo pianista e maestro Ricardo Castro, a orquestra tem feito oficinas na turnê. Em Aracaju, realizou um concerto didático no pátio da Escola da Comunidade Santa Maria, e em Maceió fez um ensaio aberto com a participação de alunos da rede pública que compõem o projeto Caminhos da Cultura.

Em Recife, visitou o Conservatório de Pernambuco e sua orquestra jovem e o projeto Orquestra Criança Cidadã/Meninos do Coque. As próximas oficinas serão em João Pessoa, com a Orquestra Juvenil da Paraíba, e em Fortaleza.

O projeto Neojibá é uma réplica do modelo venezuelano El Sistema, que em 30 anos de existência tem revelado talentos e transformado a vida dos jovens em Caracas, a mais violenta capital da América do Sul.

O violoncelista Antonio Meneses e a cantora Ivete Sangalo estiveram na sede, em Salvador, onde conheceram os fundamentos do ensino Neojibá.

No Neojibá, os jovens aprendem a ler partituras, recebem instrumentos e fazem aulas diariamente. Para participar do projeto, os alunos devem frequentar a escola normal e obter boas notas.

De acordo com o maestro inglês Simon Rattle, diretor artístico da Filarmônica de Berlim, o modelo El Sistema é o maior acontecimento da música clássica no mundo inteiro.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111167 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]