Lina diz que Justiça já havia pedido agilidade nas investigações sobre filho de Sarney

Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia
 Lina Vieira.
Lina Vieira.

Antes do suposto pedido da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, para que acelerasse as investigações conduzidas pela Receita Federal sobre o empresário Fernando Sarney, requerimento idêntico já teria sido feito pela Justiça. A informação foi prestada à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, pela ex-secretária da Receita Lina Vieira.

Segundo ela, o Judiciário, “entendendo que estava moroso o processo de investigação pediu que se acelerassem os procedimentos”. Ela acrescentou que, em decorrência desse processo, outros foram abertos e estão em andamento.

Questionada pelo peemedebista Wellington Salgado (MG) sobre o dia e a hora do encontro e da comprovação da agenda, Lina Vieira afirmou que não se recorda uma vez que, nem da parte dela nem da ministra, a reunião constou de agenda oficial. “Eu posso ter alguma coisa na minha agenda pessoal, mas não recordo agora”, acrescentou.

Sobre o pedido da ministra ela reiterou: “O pedido da ministra foi para que agilizasse a fiscalização. “Agilizar a fiscalização do filho de Sarney”, essas foram as palavras da ministra”, disse Lina Vieira

*Com informação da Agência Senado.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110032 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]