Geddel: não tenho problemas com Wagner e sim, com o seu governo mediocre

Logomarca do Jornal Grande Bahia.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.

Prossegue o bate boca e a troca de farpas entre o ministro da Integração Social Geddel Vieira Lima (PMDB) e o governador petista Jaques Wagner. As causas de tudo isso já é do conhecimento de todos: o rompimento da aliança entre as duas agremiações políticas, ocorrido logo após do ministro sinalizar o seu desejo de disputar o cargo de governador da Bahia em 2010.

O governador mostrando certo desconforto com a situação disse ter apostado  na unanimidade, enquanto o PMDB na divisão. Mas garante estar tranqüilo e que já está providenciando os substitutos para ocupar as vagas deixadas com o afastamento dos peemedebistas de seu governo. Com relação a sua representatividade na Assembléia Legislativa do Estado, ele garante que mesmo sem o apoio do PMDB continuará mantendo uma confortável maioria. “Não há descontinuidade em nossa administração, vamos continuar fortalecendo e buscando novas alianças”, afirma.

O ministro Geddel Vieira Lima em resposta ao governador Jaques Wagner, foi enfático ao declarar que por diversas vezes telefonou para o governador solicitando manter um encontro com ele, o que não aconteceu. Além de adiantar que acerca de um ano, aproximadamente, colocou os cargos do PMDB à disposição do governo, numa atitude aparentemente óbvia, mas que tem como importância afirmar uma vontade política de seu partido. E que se ele não exerceu a autoridade de governador, o problema é dele. E lembra que durante a nomeação dos secretários, ele o procurou e lhe pediu que indicasse os nomes.

“ Se agora   o governador se recusa em me receber em particular para uma confirmação formal é uma opção dele. Desejamos sair do governo como entramos: pela porta da frente. Se ele prefere outro caminho, os secretários não o procurarão”. O ministro disse não ter problema de ordem pessoal com o governador, a quem ele quer muito bem. “A minha divergência é com o seu governo medíocre. Por último, reafirmo que os secretários não procurarão o democrata irredutível”, conclui o ministro.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114874 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.