Dissidentes do PSB filiam-se ao PMDB da Bahia

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) da Bahia receberá um grande número de novas filiações, oriundas da corrente Esquerda Democrática do Partido Socialista Brasileiro (PSB). Os militantes do PSB resolveram sair do partido por “incompatibilidade de ideais políticos”. O ato de filiação dos dissidentes do PSB ao PMDB  está acontecendo hoje no Centro de Cultura da Câmara Municipal de Salvador.

O evento contará com a presença do presidente do PMDB da Bahia, Lúcio Vieira Lima, do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, do prefeito da cidade de Salvador, João Henrique, além de deputados, vereadores, prefeitos e militantes do partido. “Para o PMDB essas filiações significam uma grande confiança que grupos tradicionalmente de esquerda estão depositando no partido. E eu tenho certeza que eles têm muito a contribuir com o PMDB, principalmente nesta nova jornada que se inicia: a candidatura de Geddel Vieira Lima ao governo do Estado”, disse Lúcio Vieira Lima.

Segundo Gustavo Ferraz, ex-secretário geral do PSB, o que ocasionou a mudança foi principalmente o fato de o partido não os aceitar enquanto agrupamento político pensante. “Nós tínhamos problemas intensos com o PSB, por isso resolvemos sair e encarar uma mudança”, disse.

A escolha pelo PMDB foi tomada porque o partido mostrou-se aberto a acolher os militantes, aceitando as características que já tinham enquanto grupo. “Nós acreditamos e lutamos pelo pluralismo na política. O PMDB é o reflexo do que é a sociedade brasileira: plural, diverso e acolhedor. O PMDB não estigmatiza as suas vertentes e lideranças, ele busca o caminho da unidade”, disse Ferraz.

Entre os novos filiados, estão lideranças políticas de 20 cidades do Estado da Bahia, a exemplo de Magno Lavigne, diretor nacional da União Geral dos Trabalhadores (UGT) de Ilhéus; da professora Jeane, ex-candidata a prefeita de Dias D’Ávila e primeira suplente de deputada federal do PSB; Itaberaba Lyra, ex-vereador e ex-candidato a governador do Estado pelo PSB, em 2002; Sérgio Santana, ex-vereador de Salvador, ex-deputado estadual e ex-secretário estadual no governo de Waldir Pires; e Paulo Mascarenhas, ex-presidente do diretório municipal de Salvador e ex-assessor de Waldir Pires no Ministério da Previdência Social.

“Era impraticável permanecer no PSB, o PMDB se apresenta como o melhor caminho para nós. É um partido que agrega diversos setores e a possibilidade de atrair tantos outros segmentos sociais, como o jovem empreendedor, o movimento negro etc.”, disse Ari Júnior, ex-secretário da Juventude do PSB que, juntamente com os militantes jovens, participará do ato de filiação.

De acordo com o presidente do PMDB de Salvador, Pedro Tavares, o partido sempre foi uma casa de democracia. “O PMDB não só está aberto para esses companheiros de agora, como também para outros tantos que se sintam à vontade para vir. Vamos juntos fazer uma grande revolução na Bahia, com muita esperança, trabalho e competência”, concluiu.

Banner do Governo da Bahia: Campanha 'Aqui é trabalho', veiculada nesta sexta-feira (04/11/2021).
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114832 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]