Comissão Europeia investiga explosões de iPods

Logomarca do Jornal Grande Bahia.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.
Comissão Europeia investiga explosões de iPods.
Comissão Europeia investiga explosões de iPods.

A Comissão Europeia (CE) afirmou na terça-feira que lançou uma investigação sobre uma série de episódios de iPods e iPhones que teriam pegado fogo ou explodido espontaneamente em países com Grã-Bretanha, França, Suécia e Holanda.

A porta-voz para segurança do órgão executivo da União Europeia, Helen Kearns, disse que a CE pediu detalhes sobre os problemas à empresa de tecnologia e que a Apple afirmou não considerar a questão “um problema generalizado”, mas sim, “incidentes isolados”.

“Sabemos desses relatos e estamos aguardando para receber os iPhones dos consumidores. Até termos todos os detalhes, não temos nada para acrescentar”, afirmou a empresa em nota.

A comissão instruiu os países-membros a notificarem qualquer caso relacionado.

“A comissão trata questões de segurança muito seriamente”, disse Kearns.

No caso mais recente, um adolescente francês sofreu ferimentos leves em um olho, depois de pegar o iPhone da namorada, que “crepitava e estalava como uma frigideira”, pouco antes de o aparelho explodir.

Na Grã-Bretanha, o iPod Touch de uma pré-adolescente também teria explodido após sibilar por alguns momentos.

Em julho, um holandês afirmou ter deixado o seu iPhone no banco do passageiro do seu carro e quando voltou, 15 minutos depois, teria encontrado o aparelho queimado e o assento chamuscado.

Na Suécia, um carro teria se incendiado com um cão dentro, que conseguiu ser salvo, por causa de um iPod.

De acordo com a Comissão Europeia, a Apple disse que os casos “são incidentes isolados. Eles não são considerados um problema generalizado”.

Na Europa, já foram vendidos 200 milhões de iPodse 26 milhões de iPhones.

*Com informação do BBC do Brasil.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110928 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]