Brotas de Macaúbas: Missa Campal marcará celebração aos mártires da ditadura

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

Quando estive em Brotas de Macaúbas, em outubro passado, logo após a vitória do PT, ouvi de muita gente que finalmente estava acabando a Ditadura lá. Realmente, o terror e o medo provocados pela repressão em 1971, sobre a população permaneciam latentes. Os coronéis políticos locais se utilizavam do medo da população para continuar sua dominação. O Cabo Antônio Soldado, que era o policial da cidade em 1971, elegeu a mulher dele vereadora por dois mandatos repetindo pela cidade uma única frase: “Se não elegerem a minha mulher vou trazer o comando de volta”. Deu resultado – ela foi vereadora duas vezes. Até hoje muita gente tem medo de falar sobre os acontecimentos de 1971 porque ainda estão traumatizados. Há pessoas que ainda hoje, quando vêem um helicóptero se desesperam, passam mal. No mês passado a Agente Comunitária visitou uma jovem senhora que está grávida pela primeira vez, para garantir o atendimento pré-natal e a Bolsa Família. E a mulher, que trabalha na roça, se escondeu da Agente Comunitária e mandou recado pelo marido que foi ameaçada pelos Coronéis, que derrotados no ano passado procuram as pessoas menos esclarecidas e dizem que os dirigentes do PT vão ficar só mais 3 anos e que nas próximas eleições eles voltam e quem tiver colaborado com “esses caras, vão comer o pão que o diabo amassou”. Ela não aceitou a assistência, com medo.

Como companheiro de VPR e irmão de coração de Zequinha Barreto me senti na obrigação de ajudar a destruir esse trauma coletivo tão profundo vivido por aquelas comunidades. Conversei então com minha companheira Maria Sena e começamos a levantar a impressionante história. Temos já mais de 30 horas de depoimentos gravados e esperamos estar lançando o filme em Setembro de 2010. Acreditamos que aquela gente vendo na tela algumas das pessoas mais dignas e respeitadas da cidade falando como participaram e se relacionaram com o movimento dirigido por Lamarca, Zequinha Barreto e Santa Bárbara exorcizarão o pavor que sentiram e que isso possa ajudar, junto com outras medidas humanas solidárias e de justiça, desfazer a imagem que ficou daqueles meses da invasão do Fleury e do Exército.

Uma outra coisa é que este é o primeiro ano de governo democrático em Brotas de Macaúbas. Desde 2001 a Igreja realiza uma Celebração aos Mártires, no final de semana mais próximo ao dia 17 de setembro, realizando uma missa campal no local onde Lamarca e Zequinha foram mortos. Este ano a celebração terá um caráter mais abrangente, e político. Temos certeza que quanto maior for a celebração, maior será o impacto para a superação do trauma vivido. Por isso assumimos a responsabilidade de produzir o Evento, e contamos com a presença dos companheiros que continuam batalhando pelo direito à memória e à verdade a respeito dos nossos mortos, desaparecidos e injustiçados.

Estamos convidando vários companheiros que estão em cargos e mandatos federais e estaduais, Comitês Estaduais do Grupo Tortura Nunca Mais e demais militantes ligados ao assunto, bem como a todos os companheiros de militância para se fazerem presentes.

Programa

Dia 19 de setembro (sábado)

09:00 hs. – Missa campal em celebração aos mártires em Pintadas, local onde Lamarca e Zequinha morreram. (Desde 2001 a Igreja realiza essa celebração levando gente da Pastoral da Juventude, do MST, etc)

12:00 hs. – Almoço na sede do Município de Brotas de Macaúbas.

14:00 hs. – Ato Político na Praça Central da cidade. Durante o Ato o Prefeito vai sancionar uma Lei instituindo feriado municipal o dia 17 de setembro, dia da morte de Lamarca e Zequinha, para que esse dia fique fortemente marcado na memória da cidade.

15:00 hs. – Inauguração da Sede do Cine-Clube Carlos Lamarca. Será o Cinema da cidade. Assim Brotas de Macaúbas estará incluída entre os 8% de cidades brasileiras que tem sala de Cinema.

15:30 hs. – Ato de fundação do Instituto Cultural Zequinha Barreto que se dedicará à Formação Política e pesquisas sobre a História da Cidade.

17:00 hs. – Sessão de Cinema: Apresentação de uma Mostra de Cinema comemorativa dos 30 anos da Anistia, exibindo entre outros os seguintes filmes: 1968- Memória de uma História de Lutas (Sobre a greve de Osasco, onde Zequinha teve um papel importante) ; Iara – Lembrança de uma Mulher; Porta de Fogo do cineasta baiano Edgar Navarro – Sobre a perseguição a Lamarca e Zequinha no sertão baiano.

20:00 hs. Jantar e noite cultural, com artistas da cidade e região.

Dia 20 de setembro (Domingo)

09:00 hs. – Saída para a Comunidade de Buriti Cristalino, local onde ocorreu o massacre e o terror maior à população local.

10:00 hs. – Visita aos locais históricos de Buriti Cristalino e inauguração do Centro de Memória de Buriti Cristalino, que será uma extensão do Instituto Cultural Zequinha Barreto de Brotas de Macaúbas.

12:30 hs – Retorno para a sede do Município, almoço e encerramento da programação.

Observação

 1 –  Uma condução será oferecida fazendo o trajeto Salvador/ Brotas de Macaúbas no                  dia 18 de Setembro e o retorno no dia 20 de setembro.

 2 – A estada terá o preço simbólico de R$ 30,00 para hospedagem, café da manhã, almoço ejantar.

3 – Os trajetos dentro do município serão realizados pela Prefeitura Municipal.

4 – Para a Organização necessitamos que se comunique a presença e hora de chegada pelo e-mail:  senasdecinema@gmail.com Tel. 71 – 33670555  Cel. 71 – 91063774

Estamos seguros de contar com a presença de um grande número de companheiros e companheiras para que seja uma grande celebração.

Fonte: Maria Sena e Roque Aparecido da Silva

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115152 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.