Um País de Cegos

Logomarca do Jornal Grande Bahia.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.

Somos um País de cegos (pelo menos de muitos cegos), esta é a conclusão que cheguei. E não é para menos, pois nestes últimos dias acompanhei uma triste notícia veiculada nos Telejornais diários. A notícia dava conta de que no Brasil são realizadas em torno de 300.000 (trezentas mil) cirurgias de catarata por ano. O problema é que, segundo a OMS – Organização Mundial de Saúde – seriam necessárias em torno de 500.000 (quinhentas mil) cirurgias/ano no Brasil. O quadro é absolutamente tenebroso. São 200.000 (duzentas mil) pessoas a cada ano que deixam de enxergar. Serão 1.000.000 (um milhão) de indivíduos cegos em cinco anos. Caro leitor, pare agora a leitura e avalie: UM MILHÃO de deficientes visuais. É assustador.

A opacificação do cristalino (catarata) é a maior causa de cegueira no planeta. A perda de transparência desta lente natural dos olhos ocorre nos indivíduos em função de alguns fatores principais como: senilidade (alterações fisiológicas normais), traumas e exposição à radiação Ultra Violeta. A catarata é caracterizada como cegueira evitável, uma vez que um procedimento cirúrgico relativamente simples devolve visão plena ao indivíduo acometido com a patologia. Mas existem alguns entraves que impedem a equação deste lamentável quadro:

•       Investimento pífio dos governantes, resultando num sistema de saúde falido;
•       Número de Profissionais insuficientes e irregularmente distribuídos pelo território nacional.
•       A não implantação efetiva da OPTOMETRIA no Sistema Único de Saúde. Muitos médicos ocupam todo o seu tempo clinicando (prescrevendo óculos), tarefa que pode ser desempenhada muito bem pelos OPTOMETRISTAS, permitindo assim, que estes oftalmologistas se dediquem exclusivamente a tratar das patologias (realizar as cirurgias de catarata, por exemplo) que acometem os olhos de um número cada vez maior de pessoas, em função da incidência aumentada de radiação Ultravioleta.

•       População cada vez mais idosa. A expectativa de vida no Brasil aumentou muito nos últimos anos, o que nos leva a prever que, se nada for feito logo, teremos um quadro ainda mais assustador.

É chocante constatar o descaso dos governantes com a saúde neste País. E como se não bastassem os exíguos investimentos financeiros, o Estado Brasileiro dificulta a implantação definitiva da OPTOMETRIA. Tal posicionamento impede que estes Profissionais contribuam efetivamente no combate a prevenção destes males evitáveis.

Diante do exposto, imperioso é agir o mais rápido possível. OPTOMETRISTAS, sociedade organizada, Governo, e por que não, médicos. Todos pela saúde visual de nosso povo. Todos pela erradicação da cegueira evitável.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109896 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]