Plantio do milho com prejuízo na cidade de Santo Estevão

Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia

Mesmo comemorando anualmente a Festa do Milho, que acontece nos dias 30 e 31 de julho de 2009, na cidade de Santo Estevão, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Agricultura Familiar (SINTRAF) da cidade do evento, 70% da safra esta perdida devido à lagarta e poucas chuvas que caíram na região.

De acordo com a presidente do SINTRAFES Jacirene que mesmo com a perda da safra a festa do milho vai acontecer. “Mesmo com a avassaladora destruição devido a lagarta e o sol forte, gerando prejuízo de 70%, a III Feira do Milho e da Agricultura Familiar irá acontecer em agradecimento a colheita, mesmo que pouca, mais para desejarmos uma melhora”, disse Jacirene que ainda fortalece, “somos grato o pouco que temos para comercializar e com isso movimentar a economia local”.

O milho produz grão de elevado valor nutritivo é muito empregado na alimentação humana, e principalmente, na dos animais, como alimentaçãointegrante das rações balanceadas, é um dos fatores mais importantes na produção de carne, leite, ovos, além de outros alimentos de origem animal. É muito utilizado, também, na alimentação humana, como milho verde, cozido e vendido nas ruas de todas as cidades, em festas “caipiras”, etc. Sua utilização é feita em espigas, debulhado, fresco em conservas, geralmente em latas ou em vidros, na fabricação de angu, polenta, curau, sopas, broas, bolos e etc.

Mesmo com tantas vantagens a largata de cartucho não perdoou as plantações de milho. Essa lagarta ataca o cartucho do milho chegando a destruí-lo completamente e, nesse caso, chama a atenção à quantidade de excreções existentes na planta. Essa praga pode reduzir, através da destruição das folhas, a produção do milho em até 20%, sendo os períodos críticos de seu ataque na época próxima do florescimento.

 As causas do insucesso no controle dessa praga são o combate tardio à praga e métodos inadequados de aplicação de inseticidas. Recomenda-se, então, efetuar o controle logo que surjam os primeiros ataques ao cartucho, aplicando-se os produtos piretróides ou fosforados em pulverização, com bico em leque, para deposição dos produtos no local de ataque da praga (cartucho).

 Uma séria de palestra e oficinas estará sendo ministrada entre as entidades de diversas organizações não governamentais para ajudar na recuperação da colheita e das novas plantações futuras na região de Santo Estevão.

A IIIª Feira do Milho e da Agricultura Familiar de Santo Estevão, acontecer 30 e 31 de julho, na Praça 7 de Setembro, aberto ao público, com diversas ações culturais.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114924 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.