Confira a coluna de Antônio José Larangeira de 29 de julho de 2009

Antônio José Larangeira.
Antônio José Larangeira.

Homenagem póstuma para manter viva na lembrança de Feira de Santana a obra do cineasta. Assim é que vai ser realizado Tributo a Olney São Paulo, que será realizada dia 7 de agosto, às 20 horas, na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). A realização é da Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria de Cultura, Esporte Lazer/ Fundação Cultural Municipal Egberto Costa, e da Fundação Senhor dos Passos, pelo Núcleo de Preservação da Memória Feirense. A justificativa é marcar os 73 anos de idade que Olney completaria se vivo estivesse. Neste ano, foi completado o 31º ano de seu falecimento. “O propósito é que não se perca um ícone da memória da cidade e que sua obra seja discutida por especialistas”, como diz o jornalista Dimas Oliveira, que está coordenando o evento. No programa formatado, com a participação dos filhos Ilya São Paulo e Olney São Paulo Júnior, haverá exposição de fotos, exibição de filmes do cineasta, painel com Regina Machado (“Trajetória Histórica do Cineasta”); José Umberto, Robinson Roberto, Roque Araújo e Tuna Espinheira (“Importância de Olney São Paulo”); e André Setaro (“Olney em Visão Crítica”).

Garantia Safra

A Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária, Seagri, através da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola, EBDA, está estimulando as prefeituras baianas para a importância de aderirem ao Programa Garantia Safra para o verão 2009/2010. A adesão os municípios interessados devem acontecer  até amanhã, quando os interessados preencherão o formulário que se encontra no site da Seagri, (www.seagri.ba.gov.br/termo_adesao_verao.asp), e encaminhá-lo via sedex para a Superintendência da Agricultura Familiar (SUAF).  O Garantia Safra paga R$ 600,00 ao agricultor que sofreu prejuízos, em quatro parcelas de R$150,00. A contrapartida da prefeitura é de apenas 3% do valor do seguro, recurso que acaba retornando aos cofres do município, uma vez que o agricultor beneficiado vai usar o dinheiro para manter a família naquela emergência. A Bahia tem o maior número de agricultores familiares do Brasil, num total de 765 mil famílias, equivalentes a mais de quatro milhões de pessoas.

Lançamento

UEFS Editora lança obra do professor Erivaldo Fagundes – A historiografia brasileira, geralmente, se fundamentando em paradigmas que privilegiam as economias dominantes, com abordagens da colonização portuguesa e dos períodos subsequentes, em especial no que diz respeito às relações com o mercado externo.   Em “Uma Comunidade Sertaneja – Da Sesmaria ao Minifúndio”, Erivaldo Fagundes Neves quebra esse arcabouço tradicional, passando a considerar a circulação e a acumulação geradas internamente pelas pequenas policulturas agrícolas e pecuaristas (a produção camponesa) destinadas ao auto-abastecimento e ao mercado interno. O trabalho expõe o comércio de alguns produtos como o algodão, fundamentais para a fixação de populações nas regiões distantes das áreas litorâneas, de economias mais dinâmicas.

Vida e Obra

A vida e obra do patrono Georgina de Mello Lima Erisman será apresentada pela acadêmica e professora Anaci Bispo Paim, durante sessão publica da Academia de Educação de Feira de Santana, que ocorrerá no Centro Universitário de Cultura e Arte, no próximo dia 6 de agosto às 14h30m.

Oficina musical

A Uefs através do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), oferece 45 vagas para quatro oficinas de música (bateria, percussão, baixo elétrico e instrumento de metais) destinadas a alunos novos. As inscrições estão sendo feitas até amanhã.O público alvo é composto de crianças a partir de nove anos, adolescentes e adultos. No caso específico de instrumentos de metais (trompetes, trombone, tuba) as vagas são para adolescentes e adultos que já tenham conhecimento musical e que desejam atuar em bandas ou orquestras, conforme observa Doraneide Tosta, coordenadora do Seminário de Música.

 

Sobre Antonio José Larangeira 3045 Artigos
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: [email protected]