Observatório Antares inaugura Museu de Ciência e Tecnologia

Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia
Observatório Antares inaugura Museu de Ciência e Tecnologia.Observatório Antares inaugura Museu de Ciência e Tecnologia.
Observatório Antares inaugura Museu de Ciência e Tecnologia.

O Observatório Astronômico Antares entrega à comunidade, quarta-feira (29/07/2009), às 9 horas, o Museu Antares de Ciência e Tecnologia, composto pelos projetos Parque Espacial e Parque dos Dinossauros. Julho foi escolhido para a inauguração por ser o mês que marca os 40 anos em que o homem pisou na Lua pela primeira vez.

O Parque Espacial é formado por uma réplica de 11 metros do foguete Saturno 5, que realizou a viagem à Lua na Missão Apollo 11, em 20 de julho de 1969. A réplica possui um exaustor de explosão de fumaça para simular a partida do grande foguete de 110 metros que fez a viagem há 40 anos para a Lua e uma caixa de som interna que produz o efeito sonoro da contagem regressiva e da partida do foguete.

Dois “gyrotecs” (ou “loconautas”) também fazem parte do Parque Espacial. O aparelho é utilizado na rotina de treinamento dos astronautas, pois simula o efeito da ausência de gravidade que seria encontrada no espaço.

O Parque Espacial possui, ainda, réplica de um observatório pré-histórico existente há 5 mil anos; de  espaço com efeitos sonoros que simula a caminhada na Lua e que provoca a ilusão de estar pisando no satélite e de cair em crateras; de planetário onde são realizadas as projeções sobre a formação das estrelas, e de um módulo lunar e uma roupa de astronauta.

Os dinossauros também têm espaço no Observatório Antares. O diretor Paulo César da Rocha Poppe explica que os gigantescos animais que dominaram a Terra há milhões de anos têm uma ligação intrínseca com a Astronomia. O desaparecimento desses animais que dominaram o planeta por muitos anos é explicada pela teoria da catástrofe através da Astronomia.

O Parque dos Dinossauros é composto por 10 réplicas de espécies de dinossauros que viveram no Brasil. São duas réplicas de dinossauros herbívoros, seis réplicas de dinossauros carnívoros e mais duas réplicas de pterossauros, animais que voavam o céu do Brasil na pré-história.

As réplicas foram feitas com fibras de vidro pelo artista plástico Ivo Gato de Salvador e foram constituídas a partir de ossadas de animais encontradas no território brasileiro. Duas das réplicas têm altura de 12 metros; as demais, 5 metros.

A solenidade de inauguração, quarta-feira, contará com presença do diretor do Departamento de Difusão e Popularização das Ciências do Ministério da Ciência e Tecnologia, Ildeu Moreira, e do secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia, Ildes Ferreira. Também estarão presentes o reitor da Uefs, José Carlos Barreto de Santana, o vice-reitor, Washington Almeida Moura, representantes das comunidades interna e externa, além de alunos e professores de escolas das redes pública e privada.

O Observatório Astronômico Antares está aberto à comunidade. A unidade está localizada na rua da Barra, 925, bairro Jardim Cruzeiro, Feira de Santana, BA. Para saber mais sobre o Antares.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108614 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]