Inauguração do Hospital Regional de Juazeiro abre vagas para profissionais de saúde

Logomarca do Jornal Grande Bahia.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.

A partir de hoje (30/06/2009) e até o dia 6 de julho, profissionais da área de saúde e assistentes sociais já podem se inscrever para concorrer ao Processo Seletivo Externo Simplificado que oferece 117 vagas para trabalhar no Hospital Regional de Juazeiro, a ser inaugurado pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) dia 15 de julho. O novo Hospital Regional de Juazeiro representará um grande avanço na assistência em saúde em toda a região do Vale do Médio São Francisco, que compreende uma população de cerca de 2 milhões de habitantes em 55 municípios (27 baianos e 28 pernambucanos), e contribuirá para desafogar os hospitais da capital.

O processo seletivo será realizado pelo IMIP – Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira, com inscrições exclusivamente por meio eletrônico, no endereço www.imip.org.br, onde os interessados poderão acessar o Edital e preencher a ficha de inscrição. Há vagas para as seguintes especialidades: clínica médica (14 plantonistas, 5 diaristas); clínica cirúrgica (7 plantonistas, 3 diaristas); clínica pediátrica (7 plantonistas, 1 diarista); anestesiologia (7 plantonistas, 1 diarista); cardiologia (2); gastroenterologia (1); infectologia (1); pneumologia (1); medicina intensiva (7 plantonistas, 1 diarista); oncologia clínica (1); oncologia cirúrgica (1).

Também são oferecidas vagas para enfermeiros (50), nutricionistas (3), farmacêuticos (2) e assistentes sociais (2). Ao inscrever-se, o candidato deverá preencher a ficha de inscrição no site e anexar o currículo simplificado, de acordo com modelo definido no anexo I do edital, de preferência em arquivo MS-Word (doc). Só será considerado inscrito o candidato que apresentar a confirmação de recebimento de sua inscrição, no qual constará o número da inscrição enviado para o e-mail do candidato por meio da conta [email protected] A apresentação de documentos comprobatórios dos dados curriculares só será exigido no ato da contratação.

A seleção será realizada em duas fases: avaliação curricular, com caráter eliminatório, e entrevista, com caráter classificatória. A avaliação curricular valerá 10 pontos, com peso 06, obedecendo-se as tabelas de pontos do anexo II do edital, e a entrevista valerá também 10 pontos, mas com peso 04, e participarão dela apenas os candidatos aprovados na primeira fase (avaliação curricular) da seleção.

Só serão aceitos certificados e diplomas emitidos por instituições reconhecidas pela autoridade pública competente, devendo ser traduzidos e reconhecidos pela autoridade competente os comprovantes de cursos realizados fora do Brasil. Em caso de empate no resultado da seleção, serão seguidos os critérios de maior tempo de experiência na função para a qual concorreu e maior idade. A lista com o resultado da seleção será expedida em ordem decrescente de pontuação e divulgada no endereço eletrônicowww.imip.org.br até o dia 09 de julho.

Sobre o Hospital Regional de Juazeiro

Inaugurado em 1951, o Hospital de Juazeiro teve as obras de reforma e ampliação iniciadas em agosto de 2005, com prazo para conclusão para novembro de 2006. Em 2007, a obra estava praticamente paralisada, sendo então retomada pelo Governo do Estado. Totalmente reconstruído, o novo Hospital Regional de Juazeiro (HRJ) será um dos hospitais mais modernos da Bahia, de grande porte, com 7,3 mil metros de área construída. O antigo prédio foi mantido, garantindo a preservação da história do município, distante cerca de 500 km de Salvador. A equipe que atuava no antigo hospital foi deslocada, em janeiro do ano passado, para a Santa Casa de Misericórdia daquela cidade.

Com a inauguração do novo hospital, toda a população da microrregião de Juazeiro poderá contar não apenas com uma assistência hospitalar de emergência, mas com outros serviços antes inexistentes na região, como a oncologia (tratamento do câncer), não tendo mais que se deslocar para Salvador ou para outras cidades em busca de atendimento em saúde. A unidade terá capacidade para 58 leitos de Clinica Médica, 29 de Clínica Cirúrgica, 17 de Pediatria, 10 de UTI Geral, 10 de Unidade de Queimados e 10 de Cuidados Intermediários Adulto (semi-intensiva), totalizando 134 leitos.

Obra das mais importantes realizadas na região, o HRJ terá, inicialmente, atendimento clínico, cirúrgico, pediátrico, atendimento a queimados. Serviços de alta complexidade, como a oncologia, complementa o perfil do hospital, que terá também atendimento ambulatorial, Serviço de Apoio Diagnóstico e Terapêutico e várias especialidades médicas para assistência mais abrangente à população. O Hospital Regional de Juazeiro vai compor, com o município pernambucano de Petrolina, um sistema integrado e complementar de serviços de saúde, em caráter pioneiro: será a primeira Rede Interestadual de Atenção à Saúde do SUS, modelo a ser seguido por outros estados.

Enquanto sede de importante macrorregião baiana, Juazeiro tem recebido toda a atenção por parte do secretário estadual da Saúde, Jorge Solla, desde o início da atual gestão, quando o hospital da Santa Casa de Misericórdia daquela cidade foi encontrado fechado. Foi negociado, pela Sesab, um novo contrato com a Santa Casa, e, em convênio firmado, definido um novo perfil para o hospital daquela instituição, que será destinado a pacientes de longa permanência após a inauguração do Hospital Regional de Juazeiro, contribuindo para desafogar as dependências daquela unidade.

Sobre o IMIC

Fundado em 1960 por um grupo de médicos liderados pelo Professor Fernando Figueira, seu mentor, o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP) é uma entidade de natureza pública, não estadual, sem fins lucrativos, que atua nas áreas de assistência médico-social, ensino, pesquisa e extensão comunitária. Voltado para o atendimento da população carente pernambucana, o Complexo Hospitalar do IMIP é reconhecido como uma das estruturas hospitalares mais importantes do país, sendo centro de referência assistencial em diversas especialidades médicas. Com 714 leitos, o IMIP realiza mais de 600 mil atendimentos anuais em seus serviços.

Centro de referência em diversas especialidades na área de saúde, o IMIP é credenciado pelo Ministério da Saúde como Centro Nacional de Referência para Programas de Assistência Integral à Saúde da Mulher e da Criança, Centro Colaborador em Monitoramento e Avaliação da Atenção Básica e como Centro Colaborador para Qualidade da Gestão e Assistência Hospitalar, sendo a única instituição em Pernambuco a fazer parte da Rede GeAH, rede colaborativa para Desenvolvimento de Tecnologia e Educação Permanente em Gestão e Assistência Hospitalar, iniciativa apoiada pelo Ministério da Saúde em parceria com a OPAS (Organização Pan-Americana da Saúde).

O IMIP também é certificado como Hospital Colaborador da Rede Sentinela, integrando a Rede Nacional de Monitoramento da Resistência Microbiana em Serviços de Saúde – GIPEA/ANVISA, sendo o único Centro de Pesquisa Clínica do Ministério da Ciência e Tecnologia credenciado em Pernambuco. É, ainda, certificado como Hospital de Ensino pelo Ministério da Educação e Ministério da Saúde. Foi o primeiro hospital do Brasil a receber o título de “Hospital Amigo da Criança”, concedido pela Organização Mundial de Saúde/Unicef/Ministério da Saúde.

Referência na implantação de serviços, o IMIP executa pesquisas e treinamento técnico em recursos humanos da área de saúde para organismos nacionais e internacionais, governamentais e não governamentais. Para sua manutenção, o IMIP recebe recursos financeiros da prestação de serviços ao Sistema Único de Saúde (SUS), de convênios e intercâmbios técnico-científicos com entidades nacionais e internacionais e de doações captadas pela Fundação Alice Figueira de Apoio ao IMIP.

B.F. – DRT/Ba 1158

Ascom Sesab

30/junho/2009

hospitais/Juazeiro/2009

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111136 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]