EUA: ‘Housecleaner’ sem roupas; Estadunidense limpa casas nua ou seminua, de acordo com o gosto do cliente

Disputa por mercado de trabalho leva estadunidenses a limpar casas de terceiros sem roupas.
Disputa por mercado de trabalho leva estadunidenses a limpar casas de terceiros sem roupas.
Disputa por mercado de trabalho leva estadunidenses a limpar casas de terceiros sem roupas.
Disputa por mercado de trabalho leva estadunidenses a limpar casas de terceiros sem roupas.

Americana causa polêmica ao trabalhar sem roupas como housecleaner. Wendy Racquet e seus clientes preferem que ela use pouca ou nenhuma roupa no serviço.

“Quer que eu faça o serviço ‘topless’ ou ‘nua’”? Por incrível que pareça, esta é a pergunta que uma housecleaner americana faz aos clientes, quando chega na casa deles. Dona da empresa Naughty Housemaids em Massachussetts, Wendy Racquet afirmou que não deixa nenhum cliente tocá-la.

Segundo matéria do canal 25 da rede Fox, há três anos a americana cumpre a mesma rotina: descarrega os materiais de limpeza do carro e entra nas casas, onde faz a pergunta inusitada. Em seguida, imagens dela limpando a casa somente com a roupa íntima de baixo são exibidas.

O cliente Danny Morandez assistia à televisão, mas é claro que não deixava de dar uma ‘espiada’ nos serviços, ou melhor, na funcionária. Mãe de dois adolescentes, a ex-striper já chegou a limpar 6 casas por dia, sempre da mesma forma. Mas o serviço diminuiu por conta da crise econômica.

Racquet disse que é contratada por casais e até mesmo mulheres. Segundo ela, alguns clientes já pediram para também tirar a roupa. “Isto para mim no começo era estranho”, disse. O cliente mais velho de Wendy estava na casa dos 90 anos.

Brasileiras protestam

Segundo a reportagem, algumas das casas atendidas por ela nem estão muito sujas, exceto pela presença da poeira. O lugar que os clientes mais gostam que ela limpe é a banheira. A cobrança dos serviços não tem absolutamemte nada a ver com a forma como Wendy usa, ou melhor, não usa a roupa. A housecleaner cobra por metro quadrado.

A atitude da americana causou revolta nas housecleaners brasileiras. “Hoje em dia, para ganhar dinheiro as pessoas são capazes de fazer qualquer coisa”, disse ‘Cláudia do cafezinho’, em matéria publicada no blog do jornalista Eduardo de Oliveira.

A housecleaner Lucimar disse que os clientes merecem respeito. “Não podemos deixar que manchem a nossa moral”. Mesmo assim, acha que Wendy é bastante econômica, pois não gasta roupa para trabalhar. Já a ouvinte Maria disse que a americana está se prostituindo. “Essa mulher está acabando com a nossa imagem”, disse.

*C0m informação da Comunidade News.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111058 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]