Amélia Rodrigues ganha terceiro Centro Digital de Cidadania

Logomarca do Jornal Grande Bahia.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.

No embalo das comemorações do 2 de Julho, o Programa Cidadania Digital, de inclusão sociodigital do Governo do Estado, inaugura na quinta-feira (02/07/2009) mais um Centro Digital de Cidadania (CDC). Equipado com dez computadores, uma impressora e internet banda larga,o novo CDC será inaugurado, às 16h na Loja Macônica Luz do Recôncavo em Amélia Rodrigues, município próximo a Feira de Santana, pelo secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Ildes Ferreira.

Outros doze centros estão previstos para serem inaugurados nos próximos dias em Salvador e no interior do Estado. Na próxima quart-afeira (dia 8), o governador Jaques Wagner inaugura o CDC de Lagoa da Madalena, na zona rural de Irará. No dia seguinte serão inaugurados os CDCs na Fundação Aja Gunã, em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana do Salvador e no 44ª Batalhão da Polícia Militar em Medeiros Neto, no extremo-sul do Estado. Salvador deverá ganhar mais um Centro no dia 10, instalado na Câmara de Vereadores.

Além disso, estão sendo agendadas as datas de inauguração dos seguintes CDCS: Prefeitura de Gavião, Creche Maria Luisa e Povoado de Palmerinha, em Aiquara, Escola Manoel Augusto Dourado, no distrito de Belo Campo, em Lapão, Escola Estadual Antônio carlos Magalhães, em Salvador, e, também na capital, os CDCs do Centro Educacional Especial da Bahia (CEEBA), do Centro de Esportes, Arte e Cultura César Borges e da Escola Estadual Dinah Gonçalves.

Através do Programa Cidadania Digital, coordenado pela Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), o Governo do Estado pretende tirar a Bahia do incômodo 20º lugar em exclusão digital entre os Estados brasileiros. A importância do Programa é reconhecida nacionalmente. Em 2008, ele foi contemplado com o Prêmio A Rede como melhor programa estadual de inclusão digital do Brasil. Foi o segundo prêmio de relevância nacional conquistado pelo Cidadania Digital, em dois anos. Em 2007, o programa venceu o Top Social, considerado um dos mais importantes prêmios de responsabilidade social do Norte e Nordeste.

O programa possui uma rede de mais de 700 Centros Digitais de Cidadania, presentes em mais de 400 municípios da Bahia, contemplando bairros periféricos, assentamentos rurais, comunidades de quilombolas, afro-descendentes e indígenas. Cada CDC é equipado com dez computadores, impressora e internet banda larga.

O principal público beneficiado pelo Programa de Inclusão Sociodigital é de baixa renda. Dados do Sistema de Cadastro do Cidadão apontam que quase 90% dos usuários têm renda familiar de até dois salários mínimos. O sistema de cadastro também revela que os jovens são o público prioritário do Cidadania Digital: 67% dos usuários têm até 21 anos de idade e 93% do público freqüenta escola pública.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109840 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]