Unesco quer segurança para jornalistas

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

Apelo foi feito em nota de pesar pela morte do repórter filipino, Jojo Trajano, no último dia  (03/06/2009), vítima de um tiroteio entre policiais e suspeitos de crimes perto da capital, Manila.

O diretor-geral da Unesco, Koïchiro Matsuura, condenou nesta sexta-feira a morte do jornalista filipino Jojo Trajano.

Ele morreu no último dia 3 após ser ferido num tiroteio entre policiais e suspeitos de criminalidade na cidade de Taytay perto da capital filipina, Manila.

Perigos da Profissão

Numa nota de pesar, Matsuura falou da importância do treinamento de segurança para profissionais da mídia.

Segundo ele, não se deve economizar nenhum esforço para garantir a proteção dos que trabalham com a informação e têm que enfrentar os perigos da profissão.

No mês passado, o Centro Integrado de Operações de Paz do Exército, no Rio de Janeiro, e o Centro de Informação da ONU no Brasil, Unic-Rio, promoveram um treino de segurança para jornalistas em zonas de guerra.

Dimensão

Um dos participantes, o correspondente de O Globo, em São Paulo, Ricardo Galhardo, contou à Rádio ONU, que sua experiência na cobertura de conflitos e violência urbana ganhou outra dimensão após o curso.

“A gente teve, nos últimos anos, dois casos de sequestros de jornalistas aqui no Brasil que foram o do repórter da TV Globo pelo PCC em São Paulo e o da equipe de O Dia aqui no Rio de Janeiro. A gente aprendeu como se comportar antes, durante e depois do sequestro, como identificar possíveis situações de risco”, contou.

Galhardo afirmou que, para ele, a vida está acima de qualquer reportagem.

“Nenhuma matéria vale a sua vida. O repórter, o jornalista vai a um conflito para relatar, informar e explicar o porquê do conflito. Para relatar ao leitor, ao ouvinte dele o que está acontecendo ali. Não para ser mártir, herói e muito menos para ser vítima”, disse.

Segundo a Unesco, o repórter filipino, morto no última dia 3, estava na área do tiroteio para fazer uma reportagem sobre uma batida da polícia contra criminosos para o jornal local Remate.

*Com informações da Rádio ONU em Nova York.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114881 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.