Lula afirma que oposição mente ao comparar mudança na poupança com confisco de Collor | Por Oldack Miranda

Oldack Miranda fez parte da resistência democrática e foi preso e torturado por prepostos da ditadura militar.
Oldack Miranda fez parte da resistência democrática e foi preso e torturado por prepostos da ditadura militar.

O presidente Lula disse (quinta, 14) que a oposição (leia-se DEM, PSDB e PPS) mente ao comparar a alteração na poupança proposta pelo governo com o confisco feito pelo ex-presidente Fernando Collor de Melo.

Lula disse o seguinte

“No fundo, no fundo, eles queriam que nós fizéssemos o que foi feito no passado. Como garantimos os poupadores brasileiros, eu acho que eles não sabem o que fazer. Tenho pena de um país que tem uma oposição que perdeu o discurso e começa a falar em coisas que nem eles acreditam”.

E Lula disse mais

Lula destacou que “essa parte da oposição que critica estava com o Collor em 1989. Não podemos permitir que ela (a poupança) vire um fundo de investimento. Até outro dia todo mundo estava reivindicando que era preciso reduzir a Selic. Na medida em que a Selic cai, não podemos permitir que pessoas que tenham R$ 1 milhão ou R$ 2 milhões fiquem colocando na poupança. Queremos que invistam em setor produtivo, porque queremos desenvolver a economia”.

O Brasil tem hoje 89.980.718 cadernetas de poupança. Segundo a proposta do governo federal, nada muda para 89.085.862 poupadores que têm saldo até R$ 50 mil. Isso corresponde a 99% do total de poupadores brasileiros. A poupança de 600.894 cadernetas, com saldo de R$ 50.000,01 a R$ 100 mil, poderá sofrer alguma tributação dependendo dos juros da Selic.

Para saldos acima de R$ 100 mil, a proposta do governo federal implicará no pagamento de imposto significativo. Há 280.019 cadernetas com saldo de R$ 100.000,01 a R$ 500 mil; 10.121 poupadores com saldo de R$ 500.000,01 a R$ 1 milhão; e 3.822 cadernetas acima de R$ 1 milhão. Esses 293.962 poupadores, que a oposição – PPS, PSDB e DEM – denomina “o pobre, o aposentado, o trabalhador”, é que seriam afetados verdadeiramente pelo Imposto de Renda.

BAHIA DE FATO – Lula tem razão. A oposição perdeu o rumo. Mente, mente, mente. Mas, uma coisa temos que reconhecer. Desta vez a grande imprensa, de modo geral, está divulgando corretamente a proposta sobre a poupança.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111058 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]