Encontro do PMDB sinaliza desejo de Geddel Vieira Lima disputar Governo da Bahia em 2010

Geddel Vieira Lima, ministro da Integração Nacional do Governo Lula, pode disputar eleição para governador da Bahia, contra o petista Jaques Wagner.
Geddel Vieira Lima, ministro da Integração Nacional do Governo Lula, pode disputar eleição para governador da Bahia, contra o petista Jaques Wagner.
Geddel Vieira Lima, ministro da Integração Nacional do Governo Lula, pode disputar eleição para governador da Bahia, contra o petista Jaques Wagner.
Geddel Vieira Lima, ministro da Integração Nacional do Governo Lula, pode disputar eleição para governador da Bahia, contra o petista Jaques Wagner.

O peemedebista Geddel Vieira Lima, ministro da Integração, após ter, recentemente, manifestado publicamente o seu desejo em se candidatar ao cargo do governo do Estado da Bahia, o seu grupo político não perdeu tempo e já começa a se mobilizar neste sentido. O lançamento do programa intitulado “Encontros regionais PMDB 2010”, É sintomático, embora apresente uma fachada de que o encontro tem a finalidade de discutir diretrizes do partido para as eleições de 2010, na realidade a articulação visa, muito mais, estabelecer as bases de sustentação necessárias para pavimentar a sua candidatura própria rumo ao governo do Estado.

Outro fator nada desprezível tem sido a sistemática resistência manifestadas pelas suas principais lideranças políticas. Caso significativo é o do prefeito João Henrique, que por inúmeras vezes expôs publicamente que não pretende caminhar ao lado do PT rumo as eleições de 2010.

Nesta segunda-feira (18/05/2009), lideranças, filiados e militantes do PMDB da Bahia se encontram no Bahia Othon Palace Hotel, a partir das 9h, para o lançamento do programa “Encontros Regionais PMDB 2010” que deflagrará uma série de 20 encontros a se realizarem no interior do estado, até setembro, para discutir as diretrizes do partido para as eleições do ano que vem.

Estão confirmadas as participações do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, do vice-governador da Bahia, Edmundo Pereira, do prefeito de Salvador, João Henrique, e de militantes do PMDB, entre prefeitos, vice-prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e deputados.

Para o presidente do PMDB-Bahia, Lúcio Vieira Lima, os encontros tem o objetivo de saber o que pensam e o que desejam as bases do partido, estimular a militância, e permitir uma maior identificação entre os quadros partidários. “Os encontros regionais resgatam o princípio histórico do partido de discutir os seus rumos em consonância com os desejos e necessidades de suas bases”, afirma.

Lúcio Viera Lima explica que  os encontros vão permitir que os filiados ao PMDB possam se sentir como parte integrada e indispensável de todos os projetos do partido na Bahia. “No evento dessa segunda, nossos filiados e militantes vão receber todas as informações sobre os encontros que serão realizados em 20 municípios pólos, abrangendo todos os 417 municípios baianos, enfatiza.

Metas para 2010

Para o deputado federal Colbert Martins, os debates são de grande importância para o futuro do PMDB. O deputado estadual Arthur Maia concorda e diz que pretende participar de todos os encontros com a certeza de que serão definidos os melhores caminhos para o partido no ano que vem.
”Queremos e vamos realizar um encontro cujo objetivo fundamental  é a unidade de ação e fortalecimento do partido. Meu desejo é que dirigentes, prefeitos, vices, deputados estaduais e federais, além de lideranças populares do partido, saiam do encontro imbuídos do espírito da necessidade de engrandecermos ainda mais o PMDB, afirma a deputada Virgínia Hagge.

Filiado ao PMDB há mais de 28 anos, o deputado estadual Joélcio Martins, lembra que quando a Bahia era quase que exclusivamente dominada por um único grupo político, ele estava no Sertão apostando na construção de um caminho diferente na política partidária. “Eu participo de todos os eventos do meu partido, e estarei nesses encontros regionais, porque sou militante de primeira hora”, explica.

O deputado estadual Ferreira Ottomar faz eco aos companheiros de partido e tem convicção de que o evento deixará bem claras as diretrizes mestras do PMDB para o ano de 2010. Ferreira ressalta que não está preocupado ainda se o partido vai lançar ou não um candidato próprio para o governo do estado. Ele acha que ainda é muito cedo para tratar da questão.

Os militantes dos 417 municípios baianos participarão dos eventos subdivididos em 20 pólos de desenvolvimento regional. O primeiro município onde isso vai acontecer, depois de Salvador, será Itapetinga. Os municípios que englobam a região de Itapetinga são os seguintes: Caatiba, Encruzilhada, Firmino Alves, Ibicui, Iguaí, Itarantin, Itajú do Colônia, Itambé, Itapetinga, Itororó, Macaraní, Maiquinique, Nova Canaã, Potiraguá, Ribeirão do Largo e Santa Cruz da Vitória. O encontro está marcado para o dia 24 de maio.

Os outros prováveis municípios que servirão de pólos para os encontros são:Jacobina, Bom Jesus da Lapa, Santa Luz, Barreiras, Eunápolis, Itabuna/Ilhéus, Ribeira do Pombal, Entre Rios, Pilão Arcado, Senhor do Bonfim, Lapão-Irecê, Jequié, Santo Antonio de Jesus e Brumado.

Programação

Aproximadamente 1.200 lideranças do PMDB  foram convidadas para o lançamento do encontro no dia 18; todos os 115 prefeitos eleitos pelo PMDB , além dos 57 vice-prefeitos, 554 vereadores e demais lideranças.

O evento será aberto às 9h pelo coordenador do evento professor Domingos Santana. Em seguida, o microfone estará aberto  ao público;  aqueles que se tiverem credenciado para falar poderão fazê-lo.

Às 12h coffee- break

Às 12h30 palavra do presidente do partido Lúcio Vieira Lima, seguido de fala do vice-governador Edmundo Pereira e do prefeito João Henrique.

O encerramento ocorrerá por volta das 15 h . Antes, o ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, discursará precedido pelo presidente do Congresso Nacional, Michel Temer (a confirmar).

Adesivo em veículo sinaliza que Geddel Vieira Lima, ministro da Integração Nacional do Governo Lula, pode disputar eleição para governador da Bahia, contra o petista Jaques Wagner.
Adesivo em veículo sinaliza que Geddel Vieira Lima, ministro da Integração Nacional do Governo Lula, pode disputar eleição para governador da Bahia, contra o petista Jaques Wagner.
Adesivo em veículo sinaliza que Geddel Vieira Lima, ministro da Integração Nacional do Governo Lula, pode disputar eleição para governador da Bahia, contra o petista Jaques Wagner.
Adesivo em veículo sinaliza que Geddel Vieira Lima, ministro da Integração Nacional do Governo Lula, pode disputar eleição para governador da Bahia, contra o petista Jaques Wagner.
Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108862 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]