Baianos esperam no Pelourinho anúncio das cidades-sede da Copa 2014

Logomarca do Jornal Grande Bahia.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.

Ao som dos blocos afro Olodum e Ilê Aiyê, os baianos estarão concentrados no Pelourinho, em frente à Fundação Casa de Jorge Amado, na tarde deste domingo (31/07/2009), para aguardar a divulgação, pela Federação Internacional de Futebol (Fifa), das 12 cidades-sede da Copa de 2014. A festa é organizada pelo Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de Salvador.

Os dirigentes da Fifa, reunidos na cidade de Nassau, nas Bahamas, anunciarão as cidades-sede da Copa do Mundo 2014, às 15h30, horário de Brasília. O anúncio será feito após a reunião do comitê executivo da entidade. Das 17 cidades brasileiras, serão escolhidas 12.

“Será a primeira comemoração por Salvador estar se confirmando como sede da Copa de 2014. Este é, na área do esporte, o espetáculo mais assistido do mundo”, observou o governador Jaques Wagner. Segundo ele, “se a copa vem para cá, o mérito maior é da nossa torcida, da nossa imprensa que comenta o esporte, evidentemente do nosso trabalho”, relacionou.

Para o governador, a reconstrução do estádio de Pituaçu, visitado pela CBF e pela comissão organizadora da Copa, foi uma prova da capacidade do governo e do povo baianos para fazer um estádio de primeiro mundo. “Isso dá segurança de que a nova Fonte Nova, com o projeto arquitetônico já aprovado, será um grande projeto”, observou.
Wagner disse que também é importante destacar a rede hoteleira, voos internacionais, a força da torcida baiana para o futebol e o fato de que Salvador foi a primeira capital brasileira. “Todo mundo tem uma referência na Bahia e em Salvador e é claro que o governo também teve a sua participação”, destacou.

Aspectos positivos

Alguns aspectos fazem de Salvador uma das principais concorrentes para sediar jogos da Copa 2014. Em primeiro lugar, a qualidade do projeto da nova Fonte Nova apresentado, cumprindo todas as exigências do caderno de encargos da Fifa.

Outro ponto positivo é o fato de Salvador ser o primeiro destino turístico do Norte e Nordeste e terceiro do país, possuindo uma localização privilegiada no território brasileiro, facilmente acessível por via aérea e terrestre. Tem um povo, além de extremamente hospitaleiro, apaixonado por futebol.

A cidade conta com a uma importante rede hoteleira estruturada, com previsão de, até 2014, receber o reforço de dois novos grandes hotéis, ganhando mais 760 quartos. Hoje, Salvador dispõe de 24.898 leitos; até 2014, este número será ampliado em, pelo menos, mais 4.218 novos leitos

A nova Fonte Nova

Segundo o secretário do Traballho, Emprego, Renda e Esporte, Nilton Vasconcelos, foi apresentado ao comitê organizador da Copa um projeto básico que garantiu a participação em todo o processo de seleção das cidades-sede. Ele informou que, na época, foram feitas algumas recomendações pelo comitê organizador do evento, principalmente no que diz respeito à aproximação da torcida ao campo, eliminando-se a pista de atletismo que existia na proposta anterior.

O novo estádio da Fonte Nova terá suas características arquitetônicas atuais preservadas, mantendo a abertura em formato de ferradura, voltada para o Dique de Tororó. A capacidade será para 55 mil pessoas, podendo ser ampliada para até 60 mil, com instalação de arquibancadas provisórias na abertura da ferradura.

Ao todo, serão 47 camarotes com 1.330 assentos e uma área multiuso. Serão construídos, em área anexa, equipamentos de estacionamento com capacidade para cinco mil vagas. Um dos detalhes principais do projeto é a moderna cobertura (semelhante à utilizada no estádio da cidade de Hannover/Alemanha), que usará uma estrutura leve para não prejudicar a visão do entorno do estádio.

Segundo o ex-jogador e superintendente da Sudesb, Raimundo Nonato, o Bobô, os trabalhos começaram em maio de 2007, com o preenchimento dos cadernos de encargos da Fifa. “Agora eu acho que no domingo (31) este esforço do Estado da Bahia será coroado com a vinda para Salvador de um dos eventos mais importantes do mundo, que é o mundial de 2014”.

Transportes e infraestrutura da cidade serão modernizados

Um investimento de mais de R$ 2,6 bilhões em infraestrutura é o que vai ficar de legado para o povo baiano após os jogos da Copa de 2014 em Salvador. “Os recursos vão sair basicamente da iniciativa privada e do governo federal, com a menor contrapartida possível por parte do Estado”, afirmou o chefe de gabinete do Governador, Fernando Schmidt.
Segundo ele, são investimentos na organização do transporte, em infraestrutura urbana, incluindo a Via Expressa Baía de Todos os Santos, a conclusão das primeira e segunda linhas do metrô, o projeto Transalvador, que está sendo desenvolvido pela prefeitura, a modernização da linha ferroviária Calçada-Paripe, além de todo o programa de mobilidade urbana que vem sendo desenvolvido pelo governo federal, desobstruindo grandes pontos de estrangulamento no sistema de mobilidade e transporte urbano em Salvador.

Schmidt disse que os sistemas aeroportuário e portuário também receberão grandes investimentos. Neste contexto, já está sendo construída uma nova pista de pouso e decolagem no aeroporto Luís Eduardo Magalhães e será feita uma dragagem no porto, para que possa receber navios de grande calado, além da ampliação da ponta norte do porto, que vai em direção à Feira de São Joaquim.

Ainda na área portuária, será construída uma grande estação de passageiros para receber cruzeiros. “A partir da Copa, o Porto de Salvador não será mais somente de passagem, mas um ponto de origem e de destino de turistas. Esta é uma vantagem extraordinária”, comentou.

Os investimentos em saneamento e habitação também foram destacados por Schmidt. Segundo ele, o Centro Histórico e áreas circunvizinhas serão recuperados, favelas metropolitanas serão urbanizadas e serão ampliados o esgotamento sanitário no entorno da Baía de Todos os Santos e o sistema de abastecimento de água na capital baiana.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108872 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]