Alemanha aceita oferta da Magna pela Opel

Alemanha aceita oferta da Magna pela Opel.
Alemanha aceita oferta da Magna pela Opel.
Alemanha aceita oferta da Magna pela Opel.
Alemanha aceita oferta da Magna pela Opel.

governo alemão aprovou um acordo com a fabricante de autopeças canadense Magna International para que ela assuma o controle da Opel, empresa que faz parte do braço europeu da montadora norte-americana General Motors (GM).

O acordo foi anunciado nas primeiras horas deste sábado, após horas de negociações entre políticos alemães, autoridades dos Estados Unidos e executivos da GM e da Magna.

As negociações em Berlim buscavam garantir a continuidade dos negócios da Opel, que emprega mais de 25 mil pessoas na Alemanha.

Espera-se que o governo alemão faça um empréstimo-ponte de 1,5 bilhão de euros para o negócio. Mesmo assim, 2,5 mil vagas na Alemanha podem ser cortadas.

A Magna, em consórcio banco russo Sberbank e a montadora de caminhões russa Gaz, afirmou que injetará mais de 500 milhões de euros na Opel.

A GM, atual controladora da Opel, deve entrar em processo de concordata nos próximos dias.

Segundo o correspondente da BBC em Berlim, Steve Rosenberg, no entanto, a assinatura do acordo entre a GM e a Magna ainda pode levar algumas semanas.

A outra companhia interessada na empresa, a italiana Fiat, havia informado na manhã desta sexta-feira que não participaria da reunião com o governo alemão para decidir o futuro da companhia.

Proteção

Não foram divulgados mais detalhes sobre o acordo, mas informações dão conta de que a GM ficaria com 35% das ações da empresa, enquanto outros 10% ficariam sob o controle dos trabalhadores da Opel. A Magna, sozinha, ficaria com 20% da montadora, e os outros 35% seriam do consórcio ente a Magna e o Sberbank.

Correspondentes afirmam que a Magna e a GM também farão com que a GM Europa seja reestruturada, de modo que ela fique protegida durante o possível processo de concordata da GM americana.

Nesta sexta-feira, um tribunal na Suécia concedeu à Saab, outra subsidiária da GM na Europa, uma extensão na proteção contra os credores.

A montadora sueca havia feito o pedido de proteção em fevereiro. Agora, ela tem até 20 de agosto para reestruturar seus negócios.

*Com informação da BBC Brasil.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108692 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]